Greve de ônibus continua em Vitória mesmo com determinação do TRT

Publicado em: 30 de abril de 2020

Ônibus da Tabuazeiro (Arquivo Ônibus Brasil)

Justiça determinou multa diária de R$ 200 mil a sindicato dos rodoviários

ADAMO BAZANI

Passageiros de ônibus municipais de Vitória (ES) continuam sem contar com transporte nesta quinta-feira, 30 de abril de 2020.

Mesmo com determinação do TRT – Tribunal Regional do Trabalho de frota mínima e com multa de R$ 200 mil ao sindicato dos rodoviários, a categoria permanece de braços cruzados.

A partir desta quarta-feira, 29, deveriam ter sido colocados nas ruas 30% da frota programada da Viação Tabuazeiro, que atrasou os salários e benefícios, e 100% dos ônibus escalados das empresas Unimar e Grande Vitória.

Como mostrou o Diário do Transporte, a greve na capital começou no dia 23 de abril somente com a Tabuazeiro. No dia 27, pararam os coletivos das outras empresas nas linhas municipais.

Relembre: Funcionários da Tabuazeiro fazem paralisação em Vitória (ES)

Leia também: Greve de rodoviários se alastra em Vitória (ES) e paralisa sistema de transporte coletivo

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Deixe uma resposta