SPTrans divulga funcionamento dos postos de atendimento no feriado

Publicado em: 29 de abril de 2020

No Dia do Trabalho, postos de venda em terminais de ônibus e no Expresso Tiradentes funcionam normalmente

JESSICA MARQUES

A SPTrans, gerenciadora do transporte coletivo por ônibus da capital paulista, divulgou o funcionamento dos postos de atendimento no feriado de 1º de maio, sexta-feira, do Dia do Trabalho.

De acordo com a SPTrans, o atendimento será normal nos postos de venda em terminais de ônibus e no Expresso Tiradentes, das 6h às 22h.

Por sua vez, as lojas Augusta, Metrô Jabaquara e Santana estarão fechadas e voltarão a atender no dia 4, segunda-feira.

Confira o funcionamento dos demais serviços:

Um dos serviços mais procurados nos postos de atendimento é a recarga do bilhete, que pode ser realizada por meio de aplicativos. A lista com os aplicativos credenciados para a venda de crédito do Bilhete Único está disponível no site http://www.sptrans.com.br/app/. Após a compra dos créditos, recarregue o cartão nas máquinas automáticas ou nos validadores no interior dos coletivos.

Em virtude do fechamento dos postos de atendimento nas subprefeituras, todos os cartões do Bilhete Único Especial PCD com data de validade a partir de 23 de março foram revalidados automaticamente por até 90 dias.

Devido ao fechamento do Posto Central, os usuários devem acessar o link: http://www.sptrans.com.br/atendimento para serem atendidos de forma on-line.

Excepcionalmente, os idosos podem tirar dúvidas, bloquear o Bilhete Único Especial Idoso (por motivo de perda ou roubo) e até apresentar justificativa após bloqueio do cartão pelo e-mail atendimento.idoso@sptrans.com.br. A SPTrans informa ao passageiro idoso que não haverá atendimento presencial e para qualquer dúvida, envie e-mail.

Importante mencionar que mesmo sem o cartão a pessoa idosa poderá embarcar e desembarcar pela porta dianteira do veículo e apresentar ao operador um documento oficial com foto no momento do desembarque.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Deixe uma resposta