Novo Hamburgo (RS) adota uso obrigatório de máscaras

Publicado em: 25 de abril de 2020

Prefeita Fátima Daudt. Foto: prefeitura de Novo Hamburgo

Novo decreto estendeu estado de calamidade pública na cidade até 03 de maio

ALEXANDRE PELEGI

A Prefeitura de Novo Hamburgo, cidade gaúcha com quase 250 mil habitantes, publicou neste sábado, 25 de abril de 2020, o Decreto nº 9.219/2020, que prorroga até 4 de maio próximo o estado de calamidade pública no município.

A única alteração no novo decreto, assinado pela Fátima Daudt, é a definação como obrigatório do uso de máscaras de proteção, de qualquer tipo, para as pessoas que interrompam provisoriamente o isolamento social.

De acordo com o decreto, as máscaras podem ser industrializadas ou de fabricação caseira, devendo estar perfeitamente ajustadas ao rosto e cobrir nariz e boca.

A partir do dia 2 de maio, o não cumprimento do uso de máscaras estará sujeito à fiscalização pela Central de Fiscalização.

Desde o início tenho incentivado o uso de máscaras, inclusive usando constantemente para servir de exemplo. É sempre uma forma de nos lembrar que o vírus está em nosso meio e precisamos nos proteger contra ele”, destaca a prefeita.

Até há pouco, o uso obrigatório em Novo Hamburgo não era recomendado, pois não haveria o suficiente para todos considerando o tamanho da cidade. Mas temos observado uma grande produção de máscaras feitas em casa, o que nos deixa tranquilos para impor esta medida agora. A Prefeitura está em tratativas com a economia solidária para adquirir um número considerável de máscaras para distribuir aos que não conseguem ter acesso”, completa Fátima explicando a nova determinação.

dec-novo_hamburgo-rs_01dec-novo_hamburgo-rs_02


Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Deixe uma resposta