Retomada das operações da Volkswagen Caminhões e Ônibus em Resende (RJ) será gradual

Fabricante tomará diversas medidas de segurança para retomada dos trabalhos. Foto: Divulgação / VWCO.

Funcionários voltam ao trabalho na segunda-feira, 27

JESSICA MARQUES

A Volkswagen Caminhões e Ônibus, fabricante dos veículos comerciais das marcas VWCO e MAN, informou por meio de nota que retomará a produção em Resende, no Rio de Janeiro, de forma gradual.

Conforme já noticiado pelo Diário do Transporte, os funcionários voltam ao trabalho nesta segunda-feira, dia 27 de abril.

Relembre: Scania e Volkswagen Caminhões e Ônibus retomam produção na segunda-feira

De acordo com a fabricante, o reinício será gradual, garantindo todas as medidas de segurança aos colaboradores em suas linhas de montagem. As atividades foram interrompidas no dia 25 de março de 2020, por conta das medidas de isolamento tomadas mediante pandemia do novo coronavírus.

Relembre: Volkswagen Caminhões e Ônibus anuncia férias coletivas combinadas com banco de horas para a produção a partir de 30 de março

“A prioridade sempre será a saúde de nossos colaboradores. Por isso, a retomada da produção será progressiva, nos permitindo também avaliar as condições da cadeia logística e de distribuição. Nossas áreas de Recursos Humanos e Produção têm um plano minucioso que obedece a todas as recomendações do Ministério da Saúde brasileiro e da Organização Mundial de Saúde”, afirmou Roberto Cortes, presidente e CEO da Volkswagen Caminhões e Ônibus, em nota.

SEGURANÇA

Com o objetivo de garantir a segurança dos funcionários que retornarão ao trabalho no próximo dia 27, a Volkswagen Caminhões e Ônibus informou que tomará as seguintes precauções:

. Higienização dos ônibus fretados e redução do número de usuários em cada veículo;
. Controle de adensamento dos colaboradores;
. Restrição da capacidade de utilização dos restaurantes;
. Uso de máscaras e equipamentos de proteção individual, específicos para cada atividade;
. Entrega de máscaras descartáveis para visitantes e motoristas;
. Reforço na limpeza das salas e locais de uso comum;
. Colocação de diversos pontos de distribuição de álcool gel para higienização de mãos;
. Disponibilização de material para a higienização de máquinas e equipamentos;
. Apoio médico para colaboradores e familiares;
. Instalação de novos lavatórios para higienização das mãos;
. Comunicação constante com medidas de prevenção.

“Além de garantir empregos para todos os colaboradores, daremos a nossos clientes do Brasil e do exterior a tranquilidade necessária para fechar suas negociações, com a melhor oferta de produtos, peças, acessórios e serviços de assistência técnica. Sabemos que são os pontos fortes e de qualidade das marcas Volkswagen Caminhões e Ônibus e MAN”, afirmou também Cortes.

SUSPENSÃO DE CONTRATOS

Em recente votação conduzida pelo Sindicato dos Metalúrgicos do Sul Fluminense, os colaboradores da Volkswagen Caminhões e Ônibus e das empresas do Consórcio Modular aprovaram a suspensão de contrato de parte do pessoal de produção e a redução da jornada para equipes administrativas em 25%.

Conforme informado pela fabricante, também em nota, a medida faz parte do plano de retomada gradual da operação. As mudanças também ocorrem por conta da pandemia de Covid-19.

Relembre: Trabalhadores da VWCO aceitam proposta que prevê suspensão de contratos de trabalho

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta