Sancetur informa entrega de 28 ônibus a interventor do transporte coletivo de Atibaia (SP)

Veículos entregues haviam sido retirados da garagem da empresa. Foto: Divulgação.

Empresa também entregou documentos solicitados pela Prefeitura

JESSICA MARQUES

A Sancetur – Santa Cecília Turismo Ltda, de nome fantasia SOU Atibaia, informou por meio de nota que entregou 28 ônibus ao interventor do transporte coletivo de Atibaia, no interior de São Paulo.

Os veículos, segundo a empresa, foram entregues durante visita na garagem em Campinas. Na ocasião, estiveram presentes os secretários de Mobilidade Urbana e de Governo da Prefeitura, a pedido do interventor Lauro Takao Watanabe Júnior.

Além dos ônibus, a empresa informou que também entregou documentos que se referem à folha de pagamento, despesas, contato de fornecedores, relação de contas de consumo e fixas mensais.

Como mostrou o Diário do Transporte, a Prefeitura assumiu temporariamente a gestão do transporte por meio de decreto publicado no dia 05 de abril.

Relembre: Prefeitura de Atibaia decreta intervenção no transporte coletivo

O motivo da decisão, segundo a Prefeitura, foi a retirada de equipamentos de manutenção, almoxarifado e parte da frota da garagem da empresa, localizada na Av. São João.

Entretanto, a empresa já havia informado, em nota, que disponibilizaria ao interventor do transporte coletivo a frota que foi retirada da garagem nesta ocasião.

Relembre: Sancetur vai disponibilizar a interventor do transporte em Atibaia frota que foi retirada de garagem na segunda-feira

Confira a nota da Sancetur, na íntegra:

A Sancetur – Santa Cecília Turismo Ltda, SOU ATIBAIA, vem a público informar que recebeu em sua garagem na cidade de Campinas os Senhores Secretários de Mobilidade Urbana e de Governo da Prefeitura de Atibaia e fez a entrega, a pedido do Sr. Interventor Lauro Takao Watanabe Júnior de:

I – 28 (vinte e oito) ônibus para utilização no serviço público de transporte em Atibaia, que haviam sido retirados para manutenção;

II – toda documentação referente à folha de salários, inclusive arquivo eletrônico bancário CNAB, com as contas e dados dos funcionários para depósito do vale e pagamento de salários, a ser providenciado pelo Senhor Interventor ou pelo Município de Atibaia;

e III – contato de fornecedores, relação de contas de consumo e fixas mensais e boletos bancários das despesas com vencimento no mês de abril do corrente.

Todas as despesas referentes e necessárias à manutenção do serviço de transporte público coletivo de Atibaia, com vencimento a partir do dia 05/04/20, inclusive, devem ser honradas na forma prevista do citado Decreto de Intervenção, conforme previsto em seu art. 10:

“Art. 10 As despesas decorrentes da execução deste Decreto, correrão por conta de verbas próprias do orçamento vigente, suplementadas se necessário.”

Assim, as cobranças decorrentes de materiais entregues ou serviços prestados à unidade de Atibaia devem ser dirigidas ao Sr. Interventor, através do e-mail: laurotwjr@gmail.com e do telefone (011) 4411-9990.

Esperamos que o Sr. Interventor e o Município de Atibaia mantenham em dia as obrigações com nossos colaboradores, fornecedores e instituições financeiras, da mesma forma que a Sancetur vinha fazendo e continua em suas outras operações.

Frisamos que, com a documentação hoje apresentada, que somente nos foi solicitada em 17/04/2020 (sexta-feira), a Prefeitura de Atibaia tem totais condições de efetuar o pagamento do adiantamento salarial, previsto para o dia 24/04/2020 e tributos incidentes sobre a folha.

Até a próxima quarta-feira, 22/04/20, serão disponibilizados mais 31 (trinta e um) veículos, ainda em manutenção, totalizando uma frota de 84 (oitenta e quatro) ônibus na cidade.

Esperamos que a intervenção termine na maior brevidade possível, nos possibilitando a retomada do serviço, e que nossos colaboradores, fornecedores e a própria Sancetur não sofram prejuízos irreparáveis.

Reiteramos, mais uma vez, nosso compromisso com a população de Atibaia, pois o desejo da SANCETUR, SOU ATIBAIA, é a continuidade da prestação de serviços.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Fabrício Santos disse:

    “Fixas” dói até o olho ao ler a matéria.

    1. blogpontodeonibus disse:

      Fabrício, realmente seu olho está ruim mesmo.
      Fixas – contas fixas, ou seja, constantes e de mesmo valor.
      Você entendeu fichas? Não, nada a ver.
      O texto está certo, mas agradecemos sua participação.
      Afinal, se a leitura não for fixa, a ficha não cai

  2. encarnaçao miranda disse:

    Que golpe está empresa deu no município, e aí o erário municipal que vai pagar a conta, ou os cidadão de Atibaia

  3. Paulo Gil disse:

    Amigos, bom dia.

    Sinceramente eu tenho cérebro para entender uma operação dessa.

    Mas adoraria fazer essa contabilidade de ponta:

    O “deveire” menos o “haveire” = quanto vai para o bolso.

    Com certeza mais uma conta para o bolso do contribuinte.

    Sabe eu chego a pensar:

    Será que com todos os percalços o buzão grátis não será a melhor opção?

    Dar concessão pra que? Pra chegar na intervenção?

    Já que o contribuinte é que sempre paga a conta, melhor estatizar tudo; pelo menos TEM DE SAIR MAIS BARATO, afinal uma atividade pública NÃO PODE DAR LUCRO, pois só visa o interesse público.

    Assim matematicamente é mais barato.

    Fica ai para reflexão de todos.

    MUDA BARSILei!

    SAÚDE A TODOS!

    Att,

    Paulo Gil

  4. Fabrício Santos disse:

    Desculpe-me ! Entendi que se referiam as “fichas” ( fichas de manutenção ) . Agora a ficha caiu ! Diário do Transporte é uma das minhas leituras preferidas .

  5. Mateus Souza Almeida disse:

    Boa noite falou a pura verdade é tão fácil resolver.
    Prefeito Saulo tão jovem e inteligente poderia fazer um sistema diferente e sair na frente em Atibaia Transporte Público Público. E ir de rumo ao futuro governo de São Paulo 👏👏👏

Deixe uma resposta