Linhares (ES) já cobra obrigatoriedade de máscara nos transportes

Medida tem validade já a partir desta quarta-feira, dia 22, e persistirá por tempo indeterminado

ALEXANDRE PELEGI

A Prefeitura de Linhares, no Espírito Santo, publicou nesta terça-feira, 21 de abri de 2020, dois decretos que determinam a obrigatoriedade na utilização de máscaras de proteção facial pela população de todo o Município.

A iniciativa, segundo a prefeitura, visa complementar ações de prevenção a propagação da Covid-19.

A medida já passa a valer a partir desta quarta-feira, dia 22, por tempo indeterminado.

O decreto determina, entre outros pontos, que as máscaras serão obrigatórias nas repartições públicas, nos estabelecimentos prestadores de serviços públicos e obras públicas, mercado municipal, feiras livres e assemelhados; nos equipamentos de transporte público, coletivo ou individual, de passageiros (ônibus, táxis, por aplicativos, etc.); nos estabelecimentos empresariais – comerciais, industriais e de prestação de serviços – que estiverem em funcionamento na cidade de Linhares.

Os servidores públicos, prestadores de serviços públicos e seus empregados também deverão utilizar máscaras de proteção individual.

Os estabelecimentos privados, as concessionárias e permissionárias dos serviços de transporte público, coletivo ou individual, de passageiros (ônibus, táxis, por aplicativos, etc.), os prestadores de serviços e obras públicas e as repartições públicas deverão impedir a entrada e a permanência de pessoas que não estiverem utilizando máscara ou cobertura sobre o nariz e a boca, durante o período de pandemia.

A Prefeitura de Linhares iniciou a distribuição de uma máscara para cada morador. A entrega conta com a ajuda de associações de moradores e entidades representativas.

Durante reunião do Comitê de Enfrentamento à Doença, o prefeito Guerino Zanon fez questão de ressaltar que as máscaras devem ser utilizadas todas as vezes que a população sair às ruas. “O objetivo é proteger, evitar que, involuntariamente, as pessoas assintomáticas, ou seja, que estão infectadas, mas não apresentam os sintomas, possam transmitir o vírus para outras pessoas”, afirmou.

DISTRIBUIÇÃO DE 200 MIL MÁSCARAS

Neste fim de semana, 18 e 19 de abril, a Prefeitura iniciou a distribuição de 200 mil máscaras, uma para cada morador do município.

A partir desta quarta-feira, 22, a entrega será intensificada na sede do Município com a colaboração das associações de moradores dos bairros e comunidades do interior, entidades representativas e congregações religiosas, por exemplo.

De acordo com o decreto, a utilização da máscara não afasta a necessidade da higienização constante das mãos, da manutenção do distanciamento social e da observância das regras de boa prática indicada pela vigilância epidemiológica, as quais devem ser feitas em conjunto visando interromper o ciclo de transmissão do vírus.

O documento também prevê que fica recomendado aos moradores que não realizem e nem permaneçam em aglomerações de pessoas em ambientes abertos ou fechados, seja nos espaços privados ou públicos (praças, calçadas, feiras livre, mercado municipal, caminhadas e corridas de rua e assemelhados).

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta