Uso de máscaras em Minas Gerais se torna obrigatório

Governador Romeu Zema anuncia obrigatoriedade da máscara. Foto: Agência Minas

Decreto do governador Romeu Zema determina que medida deve ser cumprida por profissionais que prestam atendimento a pessoas, seja no setor público ou privado

WILLIAN MOREIRA

O Governador do Estado de Minas Gerais,  Romeu Zema, sancionou nesta sexta-feira, 17 de abril de 2020, projeto de lei que torna obrigatório o uso de mascaras em todo o estado.

A obrigatoriedade deve ser cumprida por profissionais que prestam atendimento ao público no sistema penitenciário, estabelecimentos comerciais, indústrias, setor bancário, rodoviários e metroviários, lotéricas e serviços de transporte público e privado de passageiros de competência estadual.

O decreto nº 47.918 determina que todos os órgãos, entidades e estabelecimentos contemplados na lei, deverão fornecer máscaras e outros itens de proteção individual para a prevenção a todos seus funcionários de forma gratuita.

Em nota divulgada para a imprensa, o governador explicou que a medida irá contribuir no combate da pandemia da Covid-19 e que a curva de casos estando menos inclinada, mostra o comprometimento da população:

É uma medida de prevenção muito acertada, que vai contribuir para o combate da pandemia do coronavírus. Até o momento, Minas Gerais está combatendo muito bem esse inimigo. A nossa curva está cada vez menos inclinada, o que demonstra o comprometimento do povo mineiro com a causa. Eu tenho certeza que muitas pessoas estão privadas daquilo que gostariam de fazer, mas o pior está ficando para trás e dias melhores virão. Minas tem feito um trabalho exemplar. E, como disse no dia da inauguração da primeira fase do Hospital de Campanha, construído no Expominas, em Belo Horizonte, eu gostaria muito que ele não fosse utilizado, porque isso vai demonstrar que as nossas medidas de prevenção foram mais do que suficientes para conduzir essa crise”, disse Zema.

A medida deve durar pelo menos até o fim da crise causada pelo coronavírus.



Willian Moreira em colaboração especial para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta