Zona Azul de Santo André volta a ser cobrada a partir deste sábado (18)

Empresa Hora Park faz o gerenciamento do serviço na cidade. Foto: Angelo Baima \ PSA.

Estacionamento rotativo havia sido liberado por 30 dias pela Prefeitura

JESSICA MARQUES

A Prefeitura de Santo André, no ABC Paulista, informou ao Diário do Transporte que a Zona Azul da cidade voltará a ser cobrada a partir deste sábado, 18 de abril de 2020.

O estacionamento rotativo havia sido liberado em 18 de março durante 30 dias pela Prefeitura. O objetivo, na ocasião, era estimular o uso do transporte individual em vez de ônibus, para evitar aglomeração por conta da pandemia de Covid-19.

Relembre: Coronavírus: Santo André anuncia liberação do estacionamento rotativo por 30 dias

A Prefeitura informou ainda que, neste sábado, a empresa Hora Park fará o religamento dos parquímetros, equipamentos que realizam a liberação de uso das vagas de estacionamento rotativo, e irá habilitar a programação de cobrança para o pagamento normal das taxas.

Os preços praticados pela Zona Azul em Santo André continuam os mesmos, de acordo com a Prefeitura:

Nos bairros Vila Assunção, Centro, Jardim e Vila Bastos (avenida Lino Jardim), que fazem parte da área azul, os preços variam de R$ 1 (30 minutos) a R$ 4 (para período máximo de duas horas).

Nos bairros Parque das Nações, Santa Teresinha, Utinga, Vila Pires, Vila Linda, Vila Gilda e Vila América (avenida Queirós Filho), que integram a área verde, o preço varia de R$ 1 (30 minutos) a R$ 3 (para período máximo de duas horas). Os valores para estacionar no entorno do Tersa (Terminal Rodoviário de Santo André) são os mesmos praticados na área verde, de R$ 1 a R$ 3.

APLICATIVO

Em tempos de prevenção ao novo coronavírus, a Prefeitura orienta que o motorista tem a opção de fazer o pagamento de maneira totalmente digital, sem a necessidade de portar moedas nem utilizar os parquímetros.

Assim, é preciso baixar no smartphone o aplicativo Vaga Inteligente, disponível nas plataformas Android e iOS.

“O aplicativo funciona como uma carteira eletrônica, onde o motorista pode, entre várias funcionalidade, pagar, renovar e regularizar o tíquete até o tempo máximo permitido de estacionamento, que é de duas horas.”

QUARENTENA

Apesar da retomada da cobrança, a recomendação do poder público ainda é para que as pessoas continuem em casa, para evitar a proliferação do novo coronavírus. O governador de São Paulo, João Doria, anunciou o prolongamento da quarentena para o isolamento até o dia 10 de maio.

Relembre: Quarentena no Estado de São Paulo é prorrogada até o dia 10 de maio

INTERDIÇÕES

Além disso, segundo a Prefeitura, não existem vias interditadas por medida de isolamento em Santo André. A medida foi adotada em São Caetano do Sul, também no ABC Paulista.

Relembre: Coronavírus: São Caetano do Sul bloqueia vias do centro e Santo André lacra praça

Além disso, a Prefeitura de Santo André decidiu lacrar a Praça Kennedy, na Vila Bastos, no dia 10 de abril de 2020. A medida é válida até o dia 22.

Segundo informações do Executivo, a decisão foi tomada após 140 denúncias de lotação. Outras praças também podem ser fechadas mediante reincidência de aglomerações.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Edivaldo Wilhas Alves disse:

    Qual o periodo de tolerancia pois hoje 31.do 08 fui a carijos enquanto estava procurando o ponto do paquimetro para adiquirir o tikit para por no carro fui notificado dentro de 5 minuto antes de colocar p tikit e depois tive que correr atras do agente e pagar 15 reais isso e uma vergonha para os municipes nao ter nem 5 minutos pra adquirir os tikt e ainda o agente nao tinha troco pra 20

Deixe uma resposta