Mais de 130 linhas de ônibus de Porto Alegre deixam de circular durante a noite

Algumas linhas com maior demanda terão os horários da madrugada adiantados. Foto: Ricardo Giusti/Arquivo PMPA.

Medida entra em vigor a partir desta sexta-feira

JESSICA MARQUES

A partir desta sexta-feira, 17 de abril de 2020, 136 linhas de ônibus de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, deixam de circular durante a noite.

A relação de linhas que passarão pela alteração foi divulgada nesta sexta pela EPTC (Empresa Pública de Transporte e Circulação).

Os horários podem sofrer alteração a partir das 19h30, segundo a Prefeitura, nos seguintes itinerários:

255, 344, 345, 346, 347, 349, 361, 375, 394, 397, 429, 433, 436, 439, 441, 470, 473, 476, 491, 492, 525, 671, 2572, 2573, 3441, 3442, 3762, 3984, 4382, 4944, 4951, A14, A348, A360, A952, A953, A99, A991, M98, 149, 165, 173, 176, 177, 178, 184, 186, 187, 188, 195, 244, 250, 251, 262, 264, 266, 268, 272, 274, 282, 284, 286, 289, 2441, 2531, 2541, 2682, 2701, 2741, 2801, 2802, 2811, 2821, A09, A141, A17, A19, A288, A69, A74, A85, A87, C80, M10, M68, R10, 171, 179, 209, 210, 211, 510, 520, 605, 608, 610, 611, 613, 614, 615, 620, 621, 624, 627, 631, 632, 633, 637, 650, 652, 654, 656, 659, 661, 662, 665, 701, 703, 704, 715, 718, 731, 4321, 6204, 6531, 6612, 7041, 7052, B09, B25, B51, B55, M21, M31, M52, TR61.

As linhas com parte do atendimento realizado pelos chamados “Madrugadões” vão iniciar mais cedo. Além disso, em razão da ausência de passageiros, a linha C4, que fazia a Balada Segura, passa a ser atendida pela C2.1.

REDUÇÃO DA DEMANDA

A Associação dos Transportadores de Passageiros de Porto Alegre (ATP), que reúne as empresas que operam na cidade, havia informado que tomaria a medida.

Relembre: Alegando dificuldades financeiras, empresas de ônibus de Porto Alegre vão reduzir viagens

De acordo com a Prefeitura, a mudança ocorre em razão do número reduzido de passageiros, por conta da pandemia do novo coronavírus.

Assim, horários que transportam menos de cinco pessoas durante todo seu itinerário deixam de circular durante a noite.

Desta forma, algumas linhas que apresentam maior demanda terão os horários da madrugada adiantados.

A consulta sobre a operação deve ser realizada no aplicativo do TRI. Acesse aqui os últimos horários de cada linha.

O decreto 20.542/2020 autoriza a redução da oferta entre 10% e 70% do total das viagens da tabela oficial do dia da operação.

Com a nova medida, a diminuição nos horários está em 46,6%, ou seja, cerca de 55% da oferta de transporte coletivo continuam em circulação, conforme regras estabelecidas pela administração municipal.

“A escolha é difícil, mas é preciso uma medida para que os ônibus continuem em circulação. O desatendimento previsto com a redução é de menos de 1% do total de passageiros transportados atualmente. Sem receitas extra tarifárias, a única saída é adequar os horários conforme a demanda. Isso garante o transporte público para quem necessita dele para atividades essenciais, sem que se deixe de observar as questões de segurança relativas ao coronavírus”, explica o secretário extraordinário de Mobilidade Urbana, Rodrigo Tortoriello, em nota.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta