Grupo Belarmino implanta drive-thru para entrega de cestas básicas e máscaras

Também foi criada uma ‘Equipe Tática de Higienização’, que vai até terminais de ônibus e empresas contratantes de fretamento para fazer limpeza

JESSICA MARQUES

O Grupo Belarmino, que atua na área de transportes no estado de São Paulo, informou nesta sexta-feira, 17 de abril de 2020, que todos os funcionários estão recebendo cestas básicas e o plano de saúde foi mantido. Os trabalhadores que trabalham em escala recebem tíquetes proporcionais aos dias trabalhados.

O grupo informou que também foi instituído um drive-thru para a entrega das cestas básicas e das máscaras. “A medida foi tomada no intuito de evitar aglomerações, de forma a se respeitar a distância mínima preconizada pelo Ministério da Saúde.”

Confira uma imagem da ação que está sendo realizada:

WhatsApp Image 2020-04-17 at 11.24.32

LIMPEZA

O grupo informou ainda que aprimorou a limpeza dos veículos da frota, com o objetivo de melhorar a prevenção contra a Covid-19. Assim, foi criada a “Equipe Tática de Higienização”, composta por vans que se deslocam até terminais de ônibus urbanos e empresas contratantes de serviços de fretamento.

De acordo com informações do grupo, cada equipe é composta por quatro pessoas, responsáveis por todo o processo de limpeza nos locais, além de um motorista.

Antes, o grupo de transporte havia informado que intensificou a higienização e limpeza dentro das garagens mas, agora, o processo também é feito em locais externos.

“A criação do novo serviço é importante, inclusive, para estimular os nossos funcionários. Com a queda na demanda de passageiros, muitos estavam parados em suas casas, sem função. Esse serviço trouxe motivação extra aos nossos colaboradores pois eles se sentem úteis neste momento de crise vivida no Brasil”, disse Paulo Barddal, diretor de Comunicação do Grupo Belarmino.

Ao sair para o trabalho de campo, os integrantes da Equipe Tática de Higienização colocam máscaras, aventais, redes para cabelo, óculos de proteção e luvas.

Entre os materiais de limpeza utilizados estão panos de chão e de limpeza, vassouras, baldes, álcool gel 70%, borrifadores cheios de detergente e germicida.

“O Grupo Belarmino, ao longo da crise do novo coronavírus, adotou diversas ações para proteger os seus colaboradores e Clientes, sejam eles do transporte urbano, do fretamento, intermunicipal, rodoviário, metropolitano e cargas”, informou o grupo, em nota.

MEDIDAS PARA FUNCIONÁRIOS

Inicialmente, os instrutores do grupo ministraram palestras nas garagens para os funcionários, colocaram informativos internos e dentro de todos os veículos da frota.

Em seguida, o grupo informou que distribui álcool gel 70% aos colaboradores, afastou todos as pessoas com mais de 60 anos e de grupo de risco e fez um distanciamento maior das estações de trabalho.

Além disso, nos últimos 15 dias, as empresas de ônibus passaram a utilizar termômetros digitais em todas as garagens para aferir a temperatura dos colaboradores no momento de chegada ao trabalho.

Relembre: Coronavírus: Empresas de ônibus de Campinas passam a medir temperatura dos trabalhadores

MÁSCARAS

Outra medida tomada pelo grupo é que, desde o último sábado, os funcionários do setor de tapeçaria, dentro das garagens, estão produzindo máscaras de proteção.

Ao todo, serão produzidas 17 mil máscaras e cada motorista está recebendo três unidades, enquanto os colaboradores das demais áreas recebem duas.

Relembre: Grupo Belarmino produz 17 mil máscaras para funcionários do transporte de passageiros e cargas

EMPREGOS

Por fim, o Grupo Belarmino informou que tem adotado uma postura de evitar demissões, mesmo com a queda superior a 75% nas receitas.

“Nas garagens, motoristas e pessoal da manutenção fazem revezamento com jornadas de 15 dias, alguns funcionários do administrativo estão trabalhando em home-office. “

Dos 8.298 colaboradores do Grupo Belarmino, cerca de 25% têm empréstimos consignados junto ao Banco Santander. Desta forma, a diretoria do grupo fechou um acordo para a renegociação das dívidas e o pagamento da primeira parcela com carência de 120 dias.

Os colaboradores que assinaram os contratos foram instruídos que cada um, individualmente, deve procurar a instituição financeira por meio de aplicativo ou, se preferir, ir direto à agência física do banco.

Relembre: Funcionários do Grupo Belarmino têm carência de 120 dias para crédito consignado

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Silvanei Souza Santos disse:

    Ótima atitude !!! Parabéns ao grupo.

  2. Cida disse:

    Parabéns. Sr. Belarmino e humildade em pessoa.

  3. Rony disse:

    Parabéns agora e só tomar vergonha na cara e pagar certo os funcionários e depositar o fundo de garantia

  4. Jose Roberto disse:

    Parabens ao Grupo Belarmino pela postura e compromissos com os colaboradoresce com a sociedade!

Deixe uma resposta