Após suspender licitação, São José do Rio Preto assina contrato para obra de mini terminal de ônibus

Foto: Tiago Henrique Garcia dos Santos

Empresa construirá equipamento após vencer certame com proposta de R$ 2,5 milhões

ALEXANDRE PELEGI

A prefeitura de São José do Rio Preto, interior de São Paulo, publicou na edição do Diário Oficial do Estado desta quinta-feira, 16 de abril de 2020, o extrato de contrato da concorrência realizada para construção de mais um Mini Terminal de ônibus na cidade, situado na Avenida Potirendaba, esquina com a Avenida Marginal da Rodovia Transbrasiliana (BR 153).

O contrato assinado com a empresa Constroeste Construtora e Participações Ltda envolve empreitada de mão de obra com fornecimento de materiais e equipamentos da construção, com prazo de vigência de 225 dias e valor total de R$ 2.545.905,30.

Como mostrou o Diário do Transporte, a obra tinha valor estimado em R$ 2.814.150,78 e prazo de execução de 120 dias, e a concorrência foi realizada no dia 24 dezembro de 2019.

Em aviso publicado em 20 de janeiro de 2020, no entanto, a prefeitura informou que suspendeu o processo licitatório em decorrência de recurso interposto pela empresa Constroeste. Segundo o recurso, a outra concorrente, a empresa Ellipse Projetos e Construções Eireli se declarou como ME/EPP no certame licitatório. Desta forma, a abertura da proposta financeira, que estava agendada para ocorrer no dia 20 de janeiro, acabou suspensa. Relembre: https://diariodotransporte.com.br/2020/01/18/apos-recurso-sao-jose-do-rio-preto-suspende-licitacao-para-construcao-de-mini-terminal-de-onibus/

Além do mini-terminal, a Constroeste assinou dois outros contratos com a prefeitura de Rio Preto.

O primeiro para a execução das obras de implantação de ciclovia na Av. Bady Bassit, interligando a Av. Presidente Juscelino K. de Oliviera e a Av. Philadelpho Manoel Gouveia Neto – SMO – Sérgio Astolfo Issas com prazo de vigência de 255 dias, e valor de R$ 1.968.716,36.

O outro para a execução das obras de reforma e revitalização da Estação Ferroviária de São José do Rio Preto (1ª etapa), com vigência de 285 dias e valor total de R$ 1.517.027,91.

rio_constroeste

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta