Transporte metropolitano de Minas Gerais restringe gratuidade para idoso

Uso do direito a viagens gratuitas passa a ser em horários determinados a partir do próximo sábado (18)

WILLIAN MOREIRA

O Governo do Estado de Minas Gerais anunciou nesta quarta-feira, 15 de abril de 2020, por meio de seu Comitê Extraordinário Covid-19, que adotará uma nova medida para proteger os idosos acima de 65 anos e minimizar os riscos de contágio pelo coronavírus.

A partir de sábado, 18, este público usuário do transporte metropolitanos passa a ter a gratuidade nos ônibus em horários determinados, fora do horário de pico. Passa a ser permitido a viagem gratuita das 9h às 16h e das 20h às 4h da manhã.

O objetivo de acordo com o governo é evitar que este grupo mais vulnerável ao vírus da Covid-19, seja contaminado pelo coronavirus ao utilizar o transporte, evitando assim que os idosos circulem em terminais, estações e ônibus no horário de pico.

De acordo com o superintendente do Transporte Intermunicipal, Eriênio Souza, a medida é temporária e de caráter sanitário.

“É uma medida excepcional e temporária, de caráter sanitário, para evitar que os idosos tenham um contato social desnecessário com outras pessoas nos horários de pico. Assim, em caso de necessidade de deslocamento, é importante que eles utilizem o transporte somente em horários de menor movimento. A faixa horária estabelecida não os impedirá de acessar serviços essenciais, como comparecer a uma consulta médica ou ao banco, por exemplo”.

A coleta de dados do sistema metropolitano mostrou que na segunda-feira, 06 de abril, período em que as regras de restrição do contato social já estavam em vigor, quase 19 mil idosos utilizaram o transporte, sendo 7 mil no horário de pico da manhã e da tarde.

O controle de acesso dos idosos aos terminais e ônibus será feito por meio do bilhete eletrônico, usuários do cartão Ótimo e funcionários das empresas que operam o sistema.

O governo completa que a medida será mantida até o dia do regime de calamidade pública, decretado pelo governador Romeu Zema, seja encerrado.

Willian Moreira em colaboração especial para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

Deixe uma resposta