Volvo vai fornecer três carros híbridos para fazer testes rápidos do novo coronavírus e 99 vai doar 5 mil corridas para entregue de remédios

Informação é do Consórcio Intermunicipal que relata dificuldades para aquisição dos testes. Reunião com David deve definir entrega aos municípios

ADAMO BAZANI

A Volvo vai emprestar três carros híbridos para realizar testes do novo coronavírus nas sete cidades do ABC Paulista.

Os testes devem ser feitos nas casas das pessoas que serão previamente selecionadas por meio de uma triagem à distância, nos moldes do que já ocorre com a cidade de São Caetano do Sul, ainda no ABC Paulista.

A informação é do presidente do Consócio Intermunicipal ABC e prefeito de Rio Grande da Serra, Gabriel Maranhão.

A modelagem de como será feita a triagem vai ser definida ainda.

Os veículos virão acompanhados de torres de carregamento.

Não haverá custos para as cidades do ABC e ao final do programa os carros serão devolvidos.

Se haverá carros para fazer os testes, o problema é ter os testes.

O Consórcio no mês passado havia anunciado um milhão de testes para a região, mas pelas dificuldades de importação, os produtos não chegaram.

Nesta quarta-feira, 15 de abril de 2020, os prefeitos vão se reunir com o coordenador do grupo do Governo do Estado do comitê do coronavírus, David Uip, para verificar como a região vai receber parte dos testes que foram importados da Coréia do Sul.

Gabriel Maranhão ainda informou que a 99 Táxis vai doar cinco mil corridas de até R$ 15 cada para as cidades da região para a entrega de remédios, serviços de assistência social e outros atendimentos.

O presidente do consórcio falou que o funcionamentos dos postos de combustíveis na região vai ser ampliado aos feriados e domingos das 9h às 19h e que os prefeitos continuam monitorando a lotação dos ônibus que tiveram redução de frota.

Os prefeitos ainda vão verificar o uso de máscaras e outros equipamentos de proteção pelos motoristas e cobradores nas sete cidades do ABC.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

Deixe uma resposta