Scania adia retorno de férias coletivas para 27 de abril

Medida é tomada em decorrência da pandemia de Covid-19. Foto: Divulgação.

Funcionários voltariam ao trabalho nesta segunda-feira, 13

JESSICA MARQUES

A fabricante de ônibus e caminhões Scania alterou a data de retorno das férias coletivas concedidas para 27 de abril de 2020. Inicialmente, o período em que os trabalhadores ficariam em casa seria de 23 de março a 13 de abril.

A medida, direcionada para funcionários que atuam na planta de São Bernardo do Campo, no ABC Paulista, foi tomada em decorrência da pandemia de Covid-19.

Relembre: Scania, em São Bernardo do Campo, para entre os dias 30 de março e 13 de abril por causa do coronavírus

Com a nova decisão da Scania, a produção segue parada na fábrica. Entretanto, conforme informado em nota ao Diário do Transporte, o abastecimento de peças aos clientes segue regular e como atividade prioritária.

“No momento, o foco da empresa é a preparação da planta para reiniciar suas atividades em um ambiente controlado e seguro, para isso lança mão de uma série de ações para adaptar seus processos a uma nova realidade, não apenas atendendo, mas superando as recomendações sanitárias determinadas pelas autoridades”, informou a Scania.

A fabricante informou ainda ainda que, com o objetivo de manter o compromisso com os clientes e a sociedade, as concessionárias e suas oficinas também continuam em funcionamento.

“Além disso, as casas estão adotando rígidos protocolos de controle de higiene e limitações no contato pessoal”, garantiu a Scania, também por meio de nota.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta