Piracicaba (SP) prevê entrega do Terminal Piracicamirim para agosto deste ano

Obras continuam sendo realizadas, mesmo com pandemia do novo coronavírus

JESSICA MARQUES

A Prefeitura de Piracicaba, no interior de São Paulo prevê a entrega do Terminal Piracicamirim para agosto deste ano. As obras continuam sendo realizadas, mesmo com a pandemia do novo coronavírus.

De acordo com a Prefeitura, as pistas de rolagem e as plataformas já foram concretadas. Os trabalhos, agora, se concentram na preparação da estrutura metálica, que será lixada para receber pintura com tinta branca e, na sequência, as telhas que cobrirão o terminal. O próximo passo será a execução da parte elétrica.

Segundo informações do departamento de Engenharia da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (Semuttran), máquinas trabalham para demolir uma parte que ainda restava do TPI antigo, no entorno das bilheterias, para ajuste de calçamento e instalação de duas faixas elevadas, para travessia de pedestres com segurança.

O novo TPI tem investimento de R$ 5.329.391,21, o que representa uma economia de 23,84% do valor previsto, que era R$ 6.997.779,12, também de acordo com a Prefeitura.

Esse investimento em obras de reforma do TPI está previsto no financiamento Mobilidade Médias Cidades.

PROJETO

A empresa responsável pelas obras é a Construtora Maxfox LTDA. O terminal segue os padrões do Terminal Vila Sônia, entregue no final de 2017, e do Terminal Paulicéia, inaugurado em agosto do ano passado.

“O novo TPI tem plataforma com 1.347,00 m2, área coberta de 2.513,00 m2 com tela anti-pássaro, iluminação LED, pista de rolagem em concreto para receber 12 ônibus ao mesmo tempo (2 a mais que o antigo), além de 7 vagas para ônibus reserva. Um reservatório de água com capacidade de 36 mil litros será instalado”, informou a Prefeitura, em nota.

“Fazem parte do projeto, também, área de convívio para motoristas (sala de reunião, refeitório, sanitários), vestiários masculinos e femininos acessíveis, banheiro para família e para ostomizados. São construídos ainda sala para a Guarda Civil, bicicletário e bilheterias”, detalhou também.

O projeto de acessibilidade ainda contempla as áreas interna e externa do Terminal, onde serão implantadas rampas.

O novo terminal também terá piso tátil, rampas de acessibilidade e banheiros acessíveis. Os dispositivos de segurança incluem equipamentos de proteção contra descargas elétricas e de prevenção contra incêndio e câmeras de monitoramento, segundo a Prefeitura.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta