Profissionais do transporte complementar de Petrolina (PE) têm prazo maior para renovação dos alvarás

Prazos para pagamentos de taxas foram ampliados pela Prefeitura

JESSICA MARQUES

Um decreto da Prefeitura de Petrolina, em Pernambuco, amplia os prazos para pagamento das taxas relativas à renovação dos alvarás de permissão do transporte complementar para 2020.

O documento foi concedido pela Ammpla (Autarquia Municipal de Mobilidade), com o objetivo de garantir que os veículos e motoristas circulem na cidade de acordo com as leis de trânsito do município.

A renovação de alvará deve ser feita por transportes complementares, escolares, táxi, mototáxis, fretamento, turismo e transporte por aplicativo, segundo a Prefeitura.

O vencimento inicial estava previsto para o final de abril, contudo, os prazos foram prorrogados por 90 dias. Assim, a Prefeitura informou que permite que a classe tenha mais tempo para organizar as finanças.

A mudança no prazo foi realizada por conta da pandemia do novo coronavírus. Esta, segundo a Prefeitura, foi uma medida para minimizar os impactos financeiros da crise gerada pela doença em todo o mundo.

De acordo com dados da Ammpla, até o momento apenas 30% da categoria efetuou o pagamento das referidas taxas. Desta forma, a nova medida pretende contemplar cerca de 70% dos trabalhadores da área.

O alvará legaliza o exercício da profissão e é emitido, anualmente, seguindo um calendário específico. A renovação deve ser feita, preferencialmente, online pelo site: https://ammpla.interage.in/publico/autenticacao_renovacao/new.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta