Resende oferece transporte para servidores da Saúde que não moram na cidade

Trabalhadores recebem EPIs no micro-ônibus

Serviço ficará ativo até, pelo menos, o dia 13 de abril

ADAMO BAZANI

A prefeitura de Resende, no Sul Fluminense, informou que vai disponibilizar micro-ônibus para transportar profissionais da Saúde que trabalham na cidade, mas moram em outros municípios.

Segundo nota da administração municipal, no veículo, os profissionais recebem orientações e EPIs – Equipamentos de Proteção Individual.

“Para que a medida seja colocada em prática com toda segurança e higiene, todos os profissionais acolhidos estão recebendo Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e orientações, dadas por três monitores, como uso de máscaras, álcool gel e também a aferição da temperatura dos passageiros antes de entrarem no veículo. Vale lembrar ainda que os ônibus vão receber constante higienização, o que vai garantir o bem-estar dos funcionários em geral.”

Como mostrou o Diário do Transporte, o Detro – Departamento de Transportes do Estado do Rio de Janeiro, colocou em prática nesta quarta-feira, 08 de abril de 2020, novas regras para os transportes na região enquanto forem necessárias as medidas de restrição à circulação para conter o avanço da pandemia do coronavírus.

Apenas nove linhas de ônibus regulares poderão circular para atender aos profissionais das atividades essenciais que trabalham no Sul Fluminense.

Os veículos não poderão transportar passageiros em pé e as portas dos veículos só poderão ser abertas dentro das cidades de Volta Redonda, Barra Mansa e Pinheiral, não sendo permitidas paradas no trajeto.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2020/04/08/detro-regulamenta-transporte-intermunicipal-no-sul-fluminense-durante-a-restricao-pela-pandemia/

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta