Metrô e CPTM não anteciparão início da operação na próxima segunda, 13, pós-feriado da Semana Santa

Foto ilustrativa.

Estações irão operar em horário normal devido ao isolamento social para combater a disseminação do novo coronavírus

ALEXANDRE PELEGI

Ao contrário do que ocorre nas segundas-feiras pós-feriado prolongado, o início da operação nas linhas de metrô e da CPTM – Companhia Paulista de Trens Metropolitanos não será antecipado no dia 13 de abril, pós-feriado da Semana Santa.

Comunicado da Secretaria dos Transportes Metropolitanos (STM) informa que a decisão se deve às recomendações de isolamento social como forma de evitar a disseminação do novo coronavírus. A STM pede para que todos fiquem em casa e evitem viajar.

Desta forma, as estações de metrô, o que inclui as localizadas junto aos terminais rodoviários do Tietê, Jabaquara e Barra Funda, passarão a operar a partir das 4h40 nas linhas 1-Azul, 2-Verde, 3-Vermelha, 4-Amarela (operada pela ViaQuatro) e 5-Lilás (operada pela ViaMobilidade).

A linha 15-Prata de monotrilho, atualmente paralisada, seguirá sendo atendida pela operação Paese, a partir das 4h40.

A operação da CPTM começará normalmente a partir das 4h da manhã.

Para o secretário dos Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy, ficar em casa “é a melhor forma de cuidar da sua saúde e de proteger sua família. A utilização do transporte público deve ser feita somente por pessoas que estão em atividades essenciais. As demais devem permanecer em casa“.

Desde o início da quarentena, 24 de março, a STM acompanha o funcionamento da “Operação Monitorada” no Metrô, na CPTM e na EMTU. A cada hora a operação é avaliada e mesmo com queda que chega a 80% na demanda no transporte, as empresas operam com a oferta de até 65% da frota.

Sempre que necessário, há ajustes na oferta de trens e ônibus para evitar aglomeração”, informa comunicado da Secretaria.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta