Detro regulamenta transporte intermunicipal no Sul Fluminense durante a restrição pela pandemia

Ônibus em Pinheiral (Foto Meramente Ilustrativa)

Apenas nove linhas de ônibus regulares poderão circular para atender aos profissionais das atividades essenciais que trabalham na região

ADAMO BAZANI

O Detro/RJ – Departamento de Transportes do Estado do Rio de Janeiro determinou que apenas nove linhas de ônibus regulares poderão circular para atender aos profissionais das atividades essenciais que trabalham na Sul Fluminense a partir desta quarta-feira, 08 de abril de 2020.

A portaria regulamentando o transporte intermunicipal regular e de fretamento, entre os municípios de Volta Redonda, Pinheiral e Barra Mansa e as demais cidades do Sul Fluminense, foi publicada nesta quarta.

As restrições fazem parte das medidas para conter o avanço do coronavírus no Brasil, que surgiu na China e causa a doença Covid-19 em todo o mundo.

As linhas vão atender estes profissionais de áreas essenciais que trabalham em Volta Redonda, Pinheiral e Barra Mansa, mas residem em Resende, Quatis, Barra do Pirai, Rio Claro, Porto Real e Piraí.

Os veículos não poderão transportar passageiros em pé e as portas dos veículos só poderão ser abertas dentro das cidades de Volta Redonda, Barra Mansa e Pinheiral, não sendo permitidas paradas no trajeto.

“Conforme Decreto 47.019, que proibiu a circulação de ônibus e vans intermunicipais, além do transporte por fretamento, entre os três municípios e as demais regiões do estado. Cabe ressaltar que a circulação entre Barra Mansa, Pinheiral e Volta Redonda segue normal.” – diz nota do Detro.

Veja a relação das linhas:

LINHA   ORIGEM – DESTINO

P104      Piraí – Barra Mansa (via Volta Redonda)

P720      California – Ponte Alta

P725      Quatis – Porto Real -Volta Redonda

P135      Barra do Piraí – Barra Mansa (via Volta Redonda)

P145      Barra do Piraí – Ponte Alta

P185      Resende – Volta Redonda

P180      Resende – Barra Mansa

P425      Passa Três – Barra Mansa

P551      Lídice – Barra Mansa (via Rio Claro)

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta