Coronavírus: Mercedes-Benz estende garantia de veículos comerciais

Publicado em: 5 de abril de 2020

Medida não altera as coberturas padrões existentes para os demais veículos já comercializados ou a comercializar. Foto: Divulgação.

Empresa amplia por mais 60 dias cobertura de caminhões, ônibus e modelos Sprinter

JESSICA MARQUES

A Mercedes-Benz informou, por meio de nota, que decidiu ampliar por mais 60 dias o período de cobertura de garantia de caminhões, ônibus e modelos da Linha Sprinter.

Segundo a fabricante, a decisão é temporária e emergencial. A medida é válida somente para veículos com garantia encerrada a partir de 1º de março deste ano.

A iniciativa tem como objetivo minimizar os impactos gerados pela pandemia do novo coronavírus, também de acordo com a Mercedes-Benz.

“Nossa Empresa determinou que todos os veículos comerciais da marca envolvidos nessa ação especial receberão um adicional de 60 dias ao seu período de cobertura de garantia original, bem como do Programa Service 24h”, afirmou Roberto Leoncini, vice-presidente de Vendas e Marketing Caminhões e Ônibus da Mercedes-Benz do Brasil, em nota.

“Dessa forma, veículos com 12 meses de cobertura passam a ter 14 meses e veículos com 12 meses de cobertura e 24 meses para o trem de força, passam a ter 14 e 26 meses, respectivamente”.

De acordo com o executivo, a iniciativa da Mercedes-Benz contribui para que os clientes possam enfrentar de uma melhor forma as contingências e incertezas provocadas pelo novo coronavírus.

“Com a garantia estendida por mais dois meses, as empresas e os autônomos ganham fôlego, segurança e tranquilidade para se dedicar às suas atividades de transporte, tão essenciais nesse momento difícil para todos nós, assegurando o abastecimento de alimentos, medicações e outros suprimentos, além das cargas e produtos que movimentam a economia do País”, afirmou também Leoncini.

CONCESSIONÁRIOS

Após o anúncio da medida, a Mercedes-Benz informou que a Rede de Concessionários já está preparada para assegurar os serviços aos veículos abrangidos por essa extensão de garantia, com todas as coberturas estabelecidas em contrato.

“Essa decisão temporária e emergencial não altera as coberturas padrões existentes para os demais veículos já comercializados ou a comercializar”, enfatizou a fabricante.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. Paulo Gil disse:

    Amigos, boa noite.

    Parabéns pela medida MBB.

    Mas não esqueça da Sprinter elétrica com porta automática dos dois lados e de começar a fabricar o e-Citaro por aqui.

    SAÚDE A TODOS!

    Att,

    Paulo Gil

  2. ZéTros disse:

    Já está nos pensamentos da MB trazer a Sprinter elétrica. Já o e-Citaro, sem chances. Possivelmente haverá uma solução caseira como o O-500 UA da Metra, por exemplo.

Deixe uma resposta