Coronavírus: Sistemas de metrô e trem do país registram queda de demanda de 82% na última semana

Publicado em: 2 de abril de 2020

ANPTrilhos informou ainda que está seguindo as orientações dos órgãos de saúde. Foto: Divulgação.

Balanço foi divulgado pela ANPTrilhos

JESSICA MARQUES

Os sistemas de metrô, trem e VLT (Veículo Leve sobre Trilhos) do país registram uma queda de demanda de 82% na última semana. O balanço foi divulgado pela ANPTrilhos (Associação Nacional dos Transportadores de Passageiros Sobre Trilhos) nesta quinta-feira, 02 de abril de 2020.

Segundo a associação, a queda no número de passageiros ocorre por conta das medidas tomadas em decorrência da pandemia do novo coronavírus. O setor transporta mais de 11 milhões pessoas por dia útil e a redução de passageiros tem sido crescente nos últimos dias, de acordo com a ANPTrilhos.

“Mesmo com a queda de demanda, os operadores metroferroviários estão mantendo a regularidade na prestação do serviço de transporte, garantindo o deslocamento das pessoas que dependem desse modo de transporte, como os profissionais dos serviços essenciais como saúde, segurança e comércio”, informou a associação.

LIMPEZA

A ANPTrilhos informou ainda que está seguindo as orientações dos órgãos de saúde. Portanto, a limpeza de estações e trens foi reforçada, principalmente em locais de maior contato como bilheterias e corrimãos.

“Equipamentos de proteção, como máscaras, estão sendo disponibilizados para os profissionais do setor e os funcionários que fazem parte do grupo de risco de contaminação, que são as pessoas acima de 60 anos e portadores de doenças crônicas, foram afastados de suas atividades operacionais.”

As campanhas de comunicação com os passageiros também foram intensificadas, segundo a associação. Com orientações para que a população siga as recomendações dos órgãos de saúde como cobrir a boca ao tossir, lavar as mãos com frequência, entre outras.

“Todas essas medidas são necessárias para prevenir a transmissão do vírus e os operadores metroferroviários não medirão esforços para manter o atendimento adequado à população”, afirmou, em nota, Joubert Flores, presidente do Conselho da ANPTrilhos.

A ANPTrilhos afirmou ainda que todas as ações são necessárias para a continuidade da operação dos sistemas de transporte de passageiros em todo o Brasil.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

 

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Deixe uma resposta