EMTU libera cotas de passe escolar para estudantes da área da saúde

Benefício pode ser utilizado em qualquer linha gerenciada pela EMTU. Foto: Adamo Bazani.

Alunos devem prestar serviço para algum órgão do setor para solicitar benefício

JESSICA MARQUES

A EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos) informou por meio de nota que está liberando cotas de passe escolar ou gratuidade para estudantes da área da saúde.

Para fazer a solicitação, é preciso encaminhar por e-mail a declaração do órgão onde está prestando os serviços (em papel timbrado), assinada pelo supervisor, contendo o nome completo e CPF do estudante. É necessário escrever no campo assunto “Liberação da Cota de Passe Escolar”.

“Atenção estudantes da área da saúde: todos vocês que estão colaborando com o combate à pandemia provocada pelo coronavírus poderão continuar utilizando o Passe Escolar ou Passe Livre em seus deslocamentos”, informou a EMTU.

Confira abaixo como solicitar:

Região Metropolitana de São Paulo:
(Clique aqui para acessar o Modelo de declaração)
 
Para estudantes com direito ao Passe Livre, o e-mail é passelivre@emtu.sp.gov.br
Para quem tem direito à Meia Tarifa, o e-mail é passeescolar@emtu.sp.gov.br.
Região Metropolitana de Campinas: enviar e-mail para passermc@emtu.sp.gov.br
(Clique aqui para acessar o Modelo de declaração).
Região Metropolitana da Baixada Santista: enviar e-mail para passermbs@emtu.sp.gov.br
(Clique aqui para acessar o Modelo de declaração).
Região Metropolitana de Sorocaba: enviar e-mail para passerms@emtu.sp.gov.br
(Clique aqui para acessar o Modelo de declaração).
Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte: passermv@emtu.sp.gov.br
(Clique aqui para acessar o Modelo de declaração).

Para os demais estudantes e professores, o benefício do Passe Escolar e Passe Livre segue suspenso, conforme Resolução STM 35, de 20 de março de 2020.

Relembre: EMTU suspende benefício do passe livre e meia tarifa para estudantes

Jessica Marques para o Diário do Transporte

 

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta