Transporte coletivo de Jundiaí tem redução de 70% da demanda e opera com alterações

Atendimento à Rodoviária está sendo realizado pela linha 721 (Terminal Central-Terminal Vila Arens – via Jardim Bonfiglioli), em substituição à linha 522. Foto: Divulgação.

Segundo a Prefeitura, tabela horária está reduzida

JESSICA MARQUES

A Prefeitura de Jundiaí, no estado de São Paulo, informou que o transporte coletivo está operando com redução de 70% da demanda. Por esse motivo, a tabela horária está reduzida.

Além disso, a demanda da Rodoviária de Jundiaí teve queda de aproximadamente 90%. Desta forma, 11 itinerários operam com alterações.

As linhas 501, 556, 702, 703, 704, 705, 715, 913, 928, 961 e 972 estão operando com tabela horária especial, com menos veículos.

“Por causa desta baixa demanda de usuários, o atendimento à Rodoviária está sendo realizado pela linha 721 (Terminal Central-Terminal Vila Arens – via Jardim Bonfiglioli), em substituição à linha 522 (Terminal Central-Rodoviária)”, informou a Prefeitura, em nota.

Os usuários da 522 com destino à Av. Nove de Julho poderão utilizar a linha 738 – T. Central-Jardim Santa Gertrudes via Terminal Rami, também segundo a administração municipal.

“A redução é importante devido à baixa circulação das pessoas, que minimiza a possibilidade de transmissão do Novo Coronavírus (COVID-19) e resguarda os funcionários que operam o sistema de transporte, oferecendo alternativa de locomoção via ônibus.”

Os motoristas e colaboradores que fazem parte do grupo de risco da Covid-19 não estão trabalhando desde a semana passada.

“Todos os esforços da Prefeitura de Jundiaí são no sentido de oferecer transporte público, observando a demanda e a oferta. As novas tabelas horárias dos ônibus de Jundiaí podem ser consultadas no site www.situjundiai.sp.gov.br.”

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta