Coronavírus: Trensurb vai fechar estações mais cedo

Todas as estações serão fechadas às 22h. Foto: Divulgação / Marcella Trindade.

Além da redução no horário de operação, dez estações vão ter bilheterias abertas somente na parte da manhã

WILLIAN MOREIRA

A Trensurb, que opera no Rio Grande do Sul, informou que a partir desta quarta-feira, 01 de abril de 2020, uma nova mudança no modo de operação do sistema vai ser colocada em prática devido novas medidas contra o avanço do novo coronavírus. Dentre as alterações está a redução do funcionamento do sistema e de bilheterias.

A operação dos trens vai começar no horário habitual, mas passará a partir desta quarta a se encerrar às 22 horas. Além disso, dez estações vão ter o horário de funcionamento das suas bilheterias reduzido, estando abertas ao público das 5h30 até às 8h30.

Depois deste horário as dez estações funcionam, mas sem bilheteria aberta. São elas São Pedro, Aeroporto, Anchieta, São Luís, Petrobras, Luiz Pasteur, Rio dos Sinos, Santo Afonso, Industrial e Fenac.

As medidas foram adotadas em conjunto com o Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transporte Metroviário e Conexas do Rio Grande do Sul (Sindimetrô-RS) e a Trensurb. Juntas, em reunião no Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região (TRT4) na manhã desta terça-feira, 31 de março, chegaram a este acordo para garantir condições melhores para evitar o contágio pelo coronavírus.

Para evitar transtornos aos passageiros, a empresa orienta que a compra do bilhete unitário ou mais passagens, seja feito antecipadamente para evitar dificuldades ao embarcar.

Serviço

Novo horário de fechamento de todas as estações durante a crise do coronavírus: 22h.

Novo horário das bilheterias das estações São Pedro, Aeroporto, Anchieta, São Luís, Petrobras, Luiz Pasteur, Rio dos Sinos, Santo Afonso, Industrial e Fenac (durante a crise do coronavírus): das 5h30 às 8h30, diariamente.

Willian Moreira em colaboração especial para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta