Coronavírus: 99 realiza desinfecção em carros de motoristas do aplicativo

Logo após a higienização, o motorista pode voltar a usar o carro. Foto: Divulgação.

Higienização está sendo feita gratuitamente, em parceria com a startup Aurratech

JESSICA MARQUES

A empresa de transporte por aplicativo 99 informou por meio de nota que está realizando a desinfecção de carros dos motoristas. A ação está sendo feita em parceria com a startup brasileira de soluções ambientais Aurratech.

Por ser um projeto piloto, a higienização está sendo feita de forma gratuita para carros de motoristas parceiros da 99. O procedimento começou a funcionar em fase de testes no bolsão de estacionamento do aplicativo, no Aeroporto Internacional de Guarulhos, na sexta-feira, 27 de março de 2020.

“Na primeira etapa do projeto, na fase piloto, a empresa pretende higienizar até 300 carros por dia. Para ter direito ao benefício, por enquanto, basta o motorista entrar na fila virtual do aeroporto e aguardar no bolsão de estacionamento”, informou a 99, em nota.

Nesta semana, segundo a 99, poderá haver necessidade de agendamento online. Caso haja, os motoristas serão informados pelo aplicativo. A ação é válida para as categorias 99Pop e 99Comfort e estará disponível de segunda a sábado das 9h às 16h.

“Para ajudar na prevenção dos motoristas que seguem trabalhando, a 99 irá utilizar uma tecnologia já aplicada na Espanha contra a pandemia do Covid-19. Desenvolvida pela Aurratech, a tecnologia FIP ® (Fog In Place) garante o contato do produto desinfetante em todas as superfícies internas do veículo. A fabricante do produto – Spartan – garante o efeito da desinfecção por até 72 horas.”

Também segundo a 99, a higienização dura apenas cinco minutos e é realizada com uma tecnologia usada na desinfecção de ambientes no combate ao vírus, aplicada em hotéis, escritórios e bancos espanhóis.

“O produto, que não é tóxico, é fragmentado em bilhões de nano partículas gerando uma névoa que atinge 100% do ambiente. Logo após a higienização, o motorista poderá voltar a usar o carro.”

OUTRAS AÇÕES

Em nota ao Diário do Transporte, a empresa informou que a tarifa dinâmica está sendo aplicada normalmente, mesmo com as mudanças na rotina de deslocamento da população.

Também por meio de nota, a 99 informou que está realizando uma lista de ações preventivas ao novo coronavírus.

Confira o comunicado da empresa:

“A 99 vem adotando um conjunto de medidas para proteger a saúde de seus usuários e motoristas parceiros neste momento de pandemia. Uma delas é o pagamento de uma ajuda financeira, em forma de doação, aos condutores diagnosticados com Coronavírus (Covid-19) ou colocados em quarentena por uma autoridade médica. Também zerou, para este momento, a taxa de manutenção paga pelos condutores que possuem as câmeras de segurança instaladas nos carros.

Além disso, a 99 participa do movimento #DistânciaSalva, com mais de 60 grandes marcas brasileiras. A campanha busca colaborar na conscientização sobre o contágio da doença e proteção aos mais vulneráveis.

A empresa também segue enviando mensagens via aplicativo para passageiros e motoristas com dicas de prevenção. Lavar sempre as mãos; evitar circular com vidro do carro fechado; sempre que possível higienizar painel e partes plásticas do veículo com álcool; cobrir a boca ao tossir com o antebraço ou lenço descartável e fazer uso do álcool em gel 70% são algumas das dicas.

Na 99Food, empresa de delivery com operação em Belo Horizonte, além dos entregadores parceiros contarem com seguro contra acidentes pessoais e poderem realizar entregas sem contato, eles poderão retirar, nas próximas semanas e gradualmente, kits contendo máscaras da categoria N95/FFP2 e álcool em gel 70% para higienização de mãos, bolsas e guidão. Já os restaurantes, além da empresa não cobrar custo de ativação, continuarão a receber os pagamentos semanalmente para ajudar a criar uma fonte de fluxo de caixa mais confiável e imediata, mesmo em tempos incertos. Nas próximas semanas os restaurantes parceiros receberão lacres de segurança para proteger os alimentos das partículas do ambiente durante o transporte.”

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta