Avaré prorroga contrato de concessão do transporte com a Rápido Luxo Campinas até 17 de maio

Publicado em: 28 de março de 2020

Rápido Luxo Campinas, antiga Osastur, assumiu o transporte de Avaré em 2009. Foto: Reginaldo Vieira

Contrato que venceu em 2019 já havia sido estendido pela prefeitura até 16 de fevereiro deste ano

ALEXANDRE PELEGI

A prefeitura da Estância Turística de Avaré, cidade do interior de São Paulo com 90 mil habitantes, prorrogou o contrato de concessão de transporte coletivo urbano com a empresa Rápido Luxo Campinas Ltda.

A vigência contratual segue agora até 17 de maio de 2.020.

avare_prorroga


A empresa Rápido Luxo Campinas é a atual concessionária responsável pelo serviço na cidade.

Ela assumiu o transporte coletivo de Avaré há alguns anos, à época como “Osastur”, após a antiga concessionária, VVPL – Viação Vale do Paranapanema, encerrar repentinamente suas atividades. A situação foi regularizada após licitação em 2009, com prazo de 10 anos.

O atual contrato da Rápido Luxo Campinas, que venceu em 2019, já havia sido prorrogado pela prefeitura até 16 de fevereiro de 2020, conforme publicado no Diário Oficial do Estado no dia 30 de novembro de 2019.

A Rápido Campinas foi adquirida pelo Grupo Belarmino em 1978, e está sediada em Osasco.

Avare29nov


A prefeitura realizou uma audiência pública para a concessão do transporte coletivo municipal no dia 27 de janeiro de 2020. O objetivo foi discutir melhorias no transporte coletivo urbano, antes de finalizar a elaboração do Termo de Referência para abertura de um novo procedimento licitatório.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. Anderson disse:

    Será q agora eles iram cumprir com os horários e atender todos bairros …pq o serviço esta caótico …..

  2. Cleiton B.R. disse:

    Só tem ônibus sucatas em Avaré, infelizmente mandam restos de ônibus, descartes para a cidade, eu já vi vários deles quebrados na rua, e sem condições de trânsito. Tomara que a nova licitação coloquem, regras que não permita esse tipo de veículo mal cuidado na cidade.

  3. Daniela Ary disse:

    Lamentável e falta de respeito com os passageiros , transportes em péssimas condições , não tem sinto de segurança, chove dentro está difícil pra quem depende desses transportes Rápido Campinas. Cadê a fiscalização ?

  4. Anderson disse:

    A falta de respeito com os alunos da rede pública e lamentável …pois os horários de ónibus não bate com o horários q eles passam no telefone …e nem os bairros estão corretos …Vamos fiscalizar …para não pagar serviço q não esta sendo efetuado ….

Deixe uma resposta