Coronavírus: Transporte coletivo de Rio Claro opera com 30% da frota e Prefeitura suspende Zona Azul

Suspensão da Zona Azul vale até o dia 07 de abril. Foto: Divulgação.

Mudanças já estão em vigor no município

JESSICA MARQUES

A Prefeitura de Rio Claro, no interior de São Paulo, informou por meio de nota que o transporte coletivo está operando com apenas 30% da frota. Além disso, o município suspendeu a Zona Azul.

As medidas foram tomadas para evitar a proliferação do novo coronavírus na cidade. Nesta semana, o município confirmou o primeiro caso de Covid-19.

A redução da frota do transporte coletivo teve início nesta sexta-feira, 27 de março de 2020. A medida foi acordada entre a prefeitura e a empresa Rápido São Paulo, responsável pelo transporte coletivo no município.

Desde a semana passada o número de ônibus em circulação já tinha sido reduzido em 50% como medida de prevenção ao novo coronavírus.

“Com o comércio fechado e muitos trabalhadores em home office, a demanda pelo serviço caiu drasticamente e os coletivos passaram a circular com número cada vez menor de passageiros”, justificou a Prefeitura, em nota.

“A média diária de passageiros nos ônibus foi reduzida em mais de 80%. Era de 13.480 e caiu para 2.100 na terça-feira (24) quando entrou em vigor a portaria municipal que determinou o fechamento dos estabelecimentos comerciais não essenciais.”

OPERAÇÃO

O transporte coletivo irá funcionar com 17 linhas de ônibus, das 27 linhas existentes.

Segundo a Prefeitura, horários e itinerários podem ter sofrido alteração, por isso os usuários devem se informar sobre as mudanças nas linhas antes de sair de casa ou do trabalho.

“Informações podem ser obtidas na Central de Atendimento ao Usuário da concessionária pelo telefone (19) 3533-3313 ou pessoalmente na Rua 1, entre as avenidas 1 e 2, em frente ao terminal de ônibus na antiga estação ferroviária, e também nas subprefeituras de Ajapi, Ferraz, Cervezão, Batovi e Assistência.”

ZONA AZUL

A prefeitura de Rio Claro suspendeu a cobrança da tarifa de estacionamento rotativo na área azul nesta quarta-feira, 25.

A medida consta de decreto municipal assinado pelo prefeito João Teixeira Junior, e vale até o dia 07 de abril. Com isso, a utilização do estacionamento rotativo passar a ser gratuita até esta data.

“Nosso objetivo é garantir maior agilidade para as pessoas que precisam ir ao banco ou à farmácia, por exemplo, a fim de diminuir o tempo de exposição e o contato com outras pessoas”, afirmou o prefeito Juninho, reforçando pedido à comunidade para que permaneça em casa e só saia em caso de extrema necessidade.

OUTROS SERVIÇOS

Além da área azul, a prefeitura também interrompeu por 30 dias todos os prazos regulamentares legais, sem prejuízo de prorrogação, dos processos e expedientes administrativos no âmbito municipal.

Na prática isso significa prorrogação de prazo dos processos protocolados no Atende Fácil, como apresentação de documentos, recurso de multa etc.

“Vale ressaltar que a interrupção de prazo não vale para o pagamento de tributos. As dívidas e taxas municipais devem ser pagas nas datas de vencimento.”

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta