Coronavírus: Taubaté suspende transporte complementar

A concessionária ABC Transportes vai cobrir a demanda. Foto: Divulgação.

Medida é válida por 30 dias, contados a partir de 26 de março

JESSICA MARQUES

A Prefeitura de Taubaté, no interior de São Paulo, determinou a suspensão das atividades do transporte complementar (Tctau). A medida é válida por 30 dias, contados a partir de 26 de março de 2020, podendo ser prorrogada a critério da administração municipal.

A concessionária ABC Transportes vai cobrir a demanda, conforme informado pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Mobilidade Urbana. A decisão foi tomada em decorrência da pandemia do Covid-19.

“Os permissionários, em sua maioria, têm idade superior a 60 anos e a medida foi tomada como forma de resguardar a saúde deles em razão da pandemia do novo coronavírus”, informou a Prefeitura, em nota.

“Essa decisão também leva em conta outras medidas já tomadas, como bloqueio das gratuidades das modalidades estudantes, sênior e idosos, além da retirada dos cobradores e motoristas com mais de 60 anos da ABC”, complementou.

Os ônibus da ABC passam a operar nas linhas exclusivas do transporte complementar: linha 06 – Marlene Miranda, 07 – Vila Aparecida e 19 – São Gonçalo.

Os atendimentos das linhas rurais também ficam suspensos: 35 – Registro/Rio das Antas, 36 – Registro/ Mangalot, 38 – Paiol, 39 – Caieiras, 40 – Mato Dentro e 41 – Pouso Frio.

A concessionária também opera, com horários otimizados, as linhas que são compartilhadas: 03 – Shopping Novo, 05 – Cidade de Deus, 07 – Vila Aparecida, 12 – Parque Sabará, 09 -Imaculada, 15 – Jardim América, 17 – Pinheirinho e 20 – Maracaibo.
Os novos horários de partida podem ser conferidos clicando aqui.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta