Transporte da Região Metropolitana de Goiânia cai mais de 85%

Situação de queda drástica da demanda reflete cenário de quarentena para a prevenção da disseminação do coronavírus

ALEXANDRE PELEGI

Boletim do RedeMob Consórcio, de Goiânia, informa que a queda na demanda do transporte coletivo da Região Metropolitana da capital de Goiás superou o patamar de 85% nesta terça-feira, 24 de março de 2020.

O resultado reflete o cenário de quarentena para a prevenção da disseminação do coronavírus.

Ao longo desta terça, foram registradas 77.180 validações no sistema de transporte coletivo.

Este número é 85,20% menor quando comparado às 521.630 validações registradas no dia 09 de março, última segunda-feira antes do início do período de quarentena decretado pelo Governo do Estado de Goiás.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta