Resolução conjunta das Secretarias do Estado e da Capital normatiza redução de frota do transporte metropolitano

Publicado em: 25 de março de 2020

CPTM, Metrô e EMTU anunciaram redução em até 35% da frota, limite máximo permitido pela determinação oficial

ALEXANDRE PELEGI

Uma Resolução Conjunta das Secretarias de Transporte Metropolitano e do município de São Paulo, publicada na edição desta quarta-feira do Diário Oficial do Estado, 25 de março de 2020, instituiu o plano de operação monitorada dos sistemas de transporte público coletivo de passageiros, para prevenir a propagação do novo Coronavírus.

Como noticiou o Diário do Transporte, as medidas que a Resolução agora normatiza já foram, quase todas, antecipadas nesta terça-feira, 24, o que incluiu principalmente as medidas de contingenciamento da operação. Relembre: CPTM, Metrô e EMTU reduzem frota em até 35% e fecham acessos secundários de terminais e estações

A Resolução autoriza as Secretarias a tomarem as seguintes medidas:

– fechamento dos acessos menos utilizados e de algumas bilheterias;

– redução da circulação da frota de trens e ônibus (no sistema gerenciado pelo Governo do Estado, a redução poderá atingir até 35%);

– monitoramento diário da demanda, permitindo a revisão do índice de redução da frota e a calibragem nos horários de pico;

– fechamento temporários dos bicicletários do sistema de transporte metropolitano(inclui a definição de regras para o trânsito com bicicletas pelos sistemas);

– fechamento dos estabelecimentos comerciais localizados nas estações (exceção aos estabelecimentos do ramo alimentício, que poderão funcionar com entregas individuais e sistema delivery).

Ainda segundo a Resolução, os Centros de Controle Operacional seguem em operação normal e a população deverá ser devidamente informada, por meio dos canais oficiais de comunicação, a respeito das medidas de contingenciamento.

No caso das concessões, como as Linhas 4-Amarela e 5-Lilás, as concessionárias deverão submeter seus planos de contingenciamento operacional à aprovação prévia do Poder Concedente.

smt_corona01_


Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. Gláucio oliveira disse:

    Emtu mente descaradamente. Desde 2ªf no consórcio 1 intervias funciona com menos de 50% . A linha que uso 587 hoje 7.30 h da manhã circulava 4 dos 9 em dias normais. Dados da Emtu

Deixe uma resposta