Ônibus de Belo Horizonte não poderão circular com passageiros em pé

Prefeitura segue determinação do Governo do Estado. Foto: Divulgação.

Objetivo é evitar aglomeração de pessoas, por conta do coronavírus

JESSICA MARQUES

A Prefeitura de Belo Horizonte, em Minas Gerais, determinou que a BHTrans e as empresas de ônibus do município não permitam viagens no transporte coletivo com passageiros em pé.

A medida tem como objetivo evitar a aglomeração de pessoas dentro do veículo. Isso ocorre como forma de prevenção ao coronavírus.

A medida obedece a um decreto do Governo do Estado de Minas Gerais, segundo informações da Prefeitura.

“A Prefeitura determinou que a BHTrans e as empresas de ônibus de Belo Horizonte cumpram o decreto do Governo do Estado garantindo que os ônibus da capital circulem apenas com passageiros assentados. Não serão permitidas viagens com passageiros em pé”, informou a administração municipal.

EMPRESAS GARANTEM DISPONIBILIDADE DE FROTA

O SetraBH, Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Belo Horizonte, informou por meio de nota que a partir da previsão de demanda (passageiros a serem transportados), as empresas ofertam viagens suficientes para que todas as pessoas possam fazer as suas viagens sentadas.

O sindicato informou ainda que os motoristas já estão sendo orientados para não ultrapassarem o limite máximo de passageiros sentados em cada viagem ofertada.

Recomendamos às empresas flexibilizarem o horário de seus funcionários como forma de evitar concentração de pessoas nos horários de pico nas Estações. Aos passageiros, um pouco mais de paciência, aguardando o ônibus seguinte para fazer a sua viagem sentado e em segurança.”

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta