Express diz que é falsa a informação de redes sociais sobre cobrador que teria desmaiado e morrido em ônibus por causa de coronavírus na zona Leste de São Paulo

Publicado em: 23 de março de 2020

Momento do atendimento no Hospital de Cidade Tirandentes. Passageiro teve alta, diz empresa

De acordo com empresa, passageiro teve mal estar e recebeu alta

ADAMO BAZANI

A empresa Express Transportes Urbanos, que opera na zona Leste da Capital Paulista, se pronunciou na noite desta segunda-feira, 23 de março de 2020, e disse que é falsa a informação de uma postagem em redes sociais que relatava que um cobrador teria morrido após ter falta de ar ocasionada pelo coronavírus.

Segundo a diretoria da companhia de ônibus, no domingo, 22 de março, por volta das 12h um passageiro (e não um cobrador) teve um “mal súbito” dentro do veículo número 48977, que fazia a linha 3539 (Cidade Tiradentes/Metrô Bresser).

Ainda de acordo com a empresa, a motorista do ônibus levou o coletivo com o passageiro até o Hospital Cidade Tiradentes, onde o usuário foi atendido.

A viação disse ainda que o passageiro recebeu alta. A motorista ficou no Hospital durante todo o tempo de atendimento, segundo a Express.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. RodrigoZika disse:

    Boa, cuidado com fake news galera.

Deixe uma resposta