Curitiba vai circular com frota máxima de ônibus, segundo o prefeito

Comec, porém, anunciou redução de frota e novos horários. Foto: Divulgação.

Após reunião com Bolsonaro, Rafael Greca afirmou que capital paranaense terá frota máxima disponível

WILLIAN MOREIRA

O prefeito da cidade de Curitiba, no Paraná, Rafael Greca, anunciou neste domingo, 22 de março de 2020, que após reunião com o presidente da República, Jair Bolsonaro e o Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, os ônibus da cidade vão operar com frota máxima durante a crise do coronavírus.

“Nós tivemos um episódio de mal-entendido com a Comec. Linhas do nosso sistema seguraram o número de ônibus imaginando a diminuição do número de passageiros, que de fato tem caído. Mas mesmo com colégios, universidade, comércio e bares fechados, teremos frota plena”, disse Rafael Greca, segundo informações do Paraná Portal.

Na última sexta, dia 20, linhas de ônibus operaram com menor quantidade de veículos e isto provocou, em alguns pontos, acumulo de pessoas, de acordo com o portal. Aglomeração que na situação atual deve ser evitada.

O prefeito também deu um “recado” aos moradores da cidade que, se em caso for necessário utilizar os coletivos, e se o ônibus estiver cheio, que espere pelo próximo.

A reunião deste domingo com Bolsonaro contou com a participação por videoconferência, dos prefeitos de quase todas as capitais do Brasil, com a finalidade de traçar um plano de ação único, para combater o coronavírus.

COMEC REDUZ VIAGENS

Contudo, a Comec (Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba) determinou alterações nos horários dos ônibus a partir desta segunda-feira, 23 de março de 2020.

Relembre: https://diariodotransporte.com.br/2020/03/22/comec-reduz-viagens-de-onibus-na-regiao-metropolitana-de-curitiba-a-partir-desta-segunda-feira-23/

Willian Moreira em colaboração especial para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta