Coronavírus: Decreto em Goiás proíbe transporte interestadual e aéreo no estado

Publicado nesta sexta, 20, documento assinado pelo governador Ronaldo Caiado restringe a operação do transporte no Estado e coloca condições para a operação do transporte urbano

WILLIAN MOREIRA

O Governo do Estado de Goiás, por meio de decreto publicado em edição extra do Diário Oficial na noite desta sexta-feira, 20 de março de 2020, impôs restrições à operação do transporte terrestre e aéreo no estado.

Assinado pelo Governador Ronaldo Caiado (DEM), determinou a suspensão, pelo menos até o dia 04 de abril de 2020, da operação e circulação do transporte interestadual de passageiros público e privado, inclusive por aplicativos, e também a operação aeroviária em Goiás de voos que tenham como origem, conexão ou escala estados e países com registro de casos do Covid-19.

Já o transporte coletivo urbano (municipal), intermunicipal e rural tem a permissão de operar, mas com ônibus circulando somente com passageiros sentados, sendo terminantemente proibido passageiros em pé.

As medidas adotadas seguem ações tomadas em outras localidades do país que buscam diminuir os casos de contágio e transmissão do coronavírus.

Willian Moreira em colaboração especial para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta