Campo Grande (MS) decreta paralisação do transporte municipal por 15 dias

Terminal Rodoviário ficará fechado a partir de terça-feira, 24 de março

Medida vale a partir deste sábado. Em outro Decreto, prefeitura suspendeu por vinte dias todas as atividades do Terminal Rodoviário do município

ALEXANDRE PELEGI

Em edição extra do Diário Oficial do município desta sexta-feira, 20 de março de 2020, o prefeito de Campo Grande (MS), Marquinhos Trad (PSD), decretou a suspensão da circulação dos ônibus do transporte coletivo da cidade a partir deste sábado, 21, pelo período de 15 dias.

O decreto é parte de uma série de medidas tomadas pela capital do Mato Grosso do Sul para controlar a disseminação do coronavírus.

Em outro Decreto, na mesma edição do Diário, o prefeito determinou também a suspensão, pelo período de 20 dias, a contar de 24 de março de 2020, de todas as atividades do Terminal Rodoviário de Campo Grande.

De acordo com a prefeitura, “a situação demanda o emprego urgente de medidas de prevenção, controle e contenção de riscos, danos e agravos à saúde pública, a fim de evitar a disseminação da doença”.

No caso do transporte coletivo, o Decreto determina que a entidade privada que opera o sistema de transporte de passageiros de Campo Grande, “deverá manter quantitativo mínimo de pessoal disponível 24 horas, para atender situações emergenciais”.

No caso das empresas e entidades que prestam serviços essenciais, estas deverão providenciar meios alternativos de locomoção aos seus funcionários.

O Decreto define quais são esses setores:

I – farmácias;

II – hipermercados, supermercados, mercados, açougues, peixarias, hortifrutigranjeiros, quitandas e centros de abastecimento de alimentos;

III – lojas de conveniência;

IV – lojas de venda de alimentação para animais;

V – distribuidores de gás;

VI – lojas de venda de água mineral;

VII – padarias;

VIII – restaurantes e lanchonetes;

IX – postos de combustível.

Boletim divulgado nesta sexta-feira, 20, acusa que o estado de Mato Grosso do Sul tem 12 casos confirmados de coronavírus, sendo 11 em Campo Grande e 1 em Sidrolândia.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta