Coronavírus: Sindicato dos metroviários de São Paulo quer fechamento de estações menores

Na tarde desta sexta-feira, jovens e idosos (grupo de risco) compartilhando o espaço no Metrô

Para entidade, é uma forma de desestimular as pessoas a se locomoverem sem necessidade

ADAMO BAZANI

O Sindicato dos Metroviários de São Paulo emitiu um comunicado nesta sexta-feira, 20 de março de 2020, pedindo que sejam fechadas estações de menor porte da rede de metrô da capital paulista.

Para entidade, é uma forma de desestimular as pessoas a se locomoverem sem necessidade.

Além disso, o sindicato quer o afastamento imediato dos funcionários com 60 anos ou mais. Na visão dos sindicalistas, o fechamento de estações menos movimentadas e a queda da demanda fariam com que o afastamento temporário destes profissionais não afetasse as operações.

Os metroviários pediram ainda no documento que a companhia do Metrô crie um plano de contingência para diminuir a demanda na rede e que o Governo do Estado estenda a outros meios de transporte as medidas.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta