Prefeito de Santo André afirma que cidade vai oferecer ônibus fretados para profissionais de serviços essenciais

Prefeito fez apelo para população idosa não sair de casa nem usar o transporte coletivo. Foto: Adamo Bazani.

Segundo Paulo Serra, 24 mil idosos usaram transporte coletivo nesta quarta-feira; serviço será suspenso a partir de 29 de março

JESSICA MARQUES

O prefeito de Santo André, no ABC Paulista, Paulo Serra, afirmou nesta quinta-feira, 19 de março de 2020, que o município vai oferecer ônibus fretados para profissionais de serviços essenciais.

A medida será tomada a partir do dia 29, quando todos os ônibus municipais das sete cidades do ABC Paulista por tempo indeterminado.

Relembre: Coronavírus: Transporte coletivo no ABC vai parar totalmente a partir de 29 de março

Segundo o prefeito, os veículos serão pagos pela Prefeitura para transportar trabalhadores das áreas da saúde, segurança e responsáveis pela manutenção mínima da cidade.

Entretanto, o chefe do Executivo não informou que empresa será contratada e quais serão os termos desta contratação. Os fretados devem operar apenas após o dia 29.

A declaração foi dada por meio de uma transmissão ao vivo nas redes sociais oficiais de Serra. “Ninguém vai ficar sem transporte”, garantiu o prefeito.

IDOSOS

Segundo o prefeito, 24 mil idosos utilizaram o transporte coletivo de Santo André nesta quarta-feira, 18. O número é preocupante, pois pessoas com 60 anos ou mais estão na faixa de risco caso contraiam coronavírus, conforme ressaltou Serra.

“Se todo mundo colaborar, talvez não precise suspender o transporte. A gente está tomando medidas extremas porque não tem colaboração das pessoas”, afirmou.

O prefeito terminou a transmissão ao vivo fazendo um apelo para que idosos fiquem em casa. Como alternativa, Serra citou que pessoas com 60 anos ou mais peçam para que os mais jovens auxiliem com compromissos domésticos.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Paulo disse:

    Corte as gratuidades reforce a frota que leva pessoas ao médico com consultas marcadas, suspenda a integração do passe comum já deixariam em casa quase 80% das pessoas em horário fora de pico use a cabeça prefeito

  2. 1111 disse:

    Se você tem carro esse é seu prefeito! Se voce depende de transporte público para suprir suas necessidades básicas de alimentação e higiene, você está sem sorte!

Deixe uma resposta