Coronavírus: Governo da Bahia anuncia fechamento de terminais rodoviários

Também será proibida a saída e chegada de ônibus do Terminal de Bom Despacho (município de Itaparica) para qualquer cidade da Bahia. Foto: Divulgação / Agerba.

Ônibus não fazem embarque e desembarque em Porto Seguro, Prado, Feira de Santana e Salvador

JESSICA MARQUES

O Governo do Estado da Bahia anunciou nesta quarta-feira, 18 de março de 2020, o fechamento de terminais rodoviários de quatro municípios. A medida ocorre devido à pandemia de coronavírus.

Com a medida, ônibus de viagem não fazem mais desembarque em Porto Seguro, Prado, Feira de Santana e Salvador. Os municípios estão com casos confirmados do novo coronavírus.

O governador informou ainda que será proibida a saída e chegada de ônibus do Terminal de Bom Despacho (município de Itaparica) para qualquer cidade da Bahia. Neste caso, a medida começa a valer à 0h da próxima sexta-feira, 20.

Além disso, o Estado da Bahia e o Município de Salvador publicaram um decreto determinando, em caráter de urgência, a estratégia de higienização especial nos transportes públicos.

“A medida visa intensificar a prevenção contra a Covid-19 nos ônibus urbanos, metropolitanos, intermunicipais, interestaduais, metrô, trens, ferry boat e lanchas que fazem a travessia Salvador/Mar Grande.”

ESTRADAS

Ficou estabelecida a medição da temperatura das pessoas que chegam ao estado da Bahia por rodovias federais que dão acesso, principalmente, aos passageiros que vêm de São Paulo e Rio de Janeiro.

“Serão instalados postos avançados na BR-116, BR-101 e na BR-242, que ligam a Bahia ao centro-oeste do país. Caminhões e ônibus serão parados para que a medição da temperatura dos passageiros seja realizada. Aqueles que apresentarem temperatura elevada ou febre não terão a entrada permitida no estado, exceto se forem baianos, recebendo orientações específicas”, informou o Governo.

AEROPORTOS

O governador Rui Costa anunciou, no início da tarde desta quarta-feira, 18, que vai solicitar às agências nacionais de Aviação Civil (Anac) e de Vigilância Sanitária (Anvisa) a suspensão, em caráter emergencial, de voos saindo ou chegando de aeroportos baianos para o exterior e para cidades brasileiras com casos de contaminação comunitária, como Rio de Janeiro e São Paulo.

“Vou assinar esse pedido para as agências ainda hoje, a fim de suspender, imediatamente e em caráter emergencial, todos esses voos. Afinal, os casos registrados na Bahia são de pessoas que chegaram do exterior e dessas duas cidades”, explicou o governador.

CASOS

A Bahia registrou 671 casos notificados com suspeita clínica de infecção pelo novo coronavírus, sendo 18 confirmados nos municípios de Salvador (9), Feira de Santana (5), Porto Seguro (3) e Prado (1). Os dados foram atualizados no início da tarde desta quarta-feira.

Outros 278 aguardam análise laboratorial e os demais foram descartados. No total, 46 municípios fizeram notificação. Até o momento não há registro de transmissão comunitária.

“Ressalta-se que os números são dinâmicos e na medida em que as investigações clínicas e epidemiológicas avançam, os casos são reavaliados, sendo passíveis de reenquadramento na sua classificação. Diferente do divulgado anteriormente, a ficha de notificação foi retificada, e não há médicos dentre os casos confirmados.”

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. SONILDES disse:

    Por conta disso a empresa vai descontar os dias não trabalhados, devido não ter o trasporte para ir a cidade de Feira de Santana.

  2. Eliege disse:

    Como vai ficar a vida dos trabalhadores que viajaram de férias e não estão podendo voltar.?

Deixe uma resposta