Secretarias de Transporte do estado e do município de SP suspendem passe livre estudantil e garantem manutenção da frota de trens, ônibus e metrô

Publicado em: 17 de março de 2020

Em ação conjunta, órgãos definiram 17 ações para reforçar o enfrentamento ao coronavírus  

ALEXANDRE PELEGI

As Secretarias dos Transportes Metropolitanos (STM) e Municipal de Mobilidade e Transportes (SMT) de São Paulo definiram nessa terça-feira, 17 de março de 2020, uma série de ações para reforçar o combate ao coronavírus (COVID-19).

O esforço conjunto entre os órgãos municipal e estadual definiu uma série de medidas, dentre as quais estão a suspensão do Passe Livre estudantil, uma vez que as aulas estão canceladas em escolas das redes públicas estadual e municipal, e a manutenção da frota de trens (Metrô e CPTM) e ônibus Metropolitano (EMTU).

Veja as principais medidas definidas pelas Secretarias:

– Intensificar a higienização nas estações, pátios, trens, terminais de ônibus e nos veículos da frota metropolitana e da capital;

– Reforçar a fiscalização da reposição de itens de limpeza dos banheiros públicos das estações e terminais, como sabonete, álcool gel de acordo com a disponibilidade, papel higiênico e papel toalha;

– Recomendação para que as pessoas, especialmente os idosos, evitem os horários de pico;

– Desenvolvimento de campanhas conjuntas sobre como usar o transporte público com segurança durante esse período de disseminação do vírus;

– Manutenção dos materiais informativos sobre a prevenção contra a doença, de acordo com as orientações das Secretarias de Saúde do Estado e do Município que já estão disponíveis nas estações, terminais e nos ônibus;

– Suspensão do Passe Livre com base no decreto 64.862/20, que determina o cancelamento das aulas em escolas das redes públicas estadual e municipal;

– Não haverá redução de frota de trens (Metrô e CPTM) e ônibus Metropolitano (EMTU).

– A Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes (SMT) poderá adequar a frota circulante a eventual oscilação da demanda, desde que assegurados conforto e segurança dos usuários.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Deixe uma resposta