Prefeitura de São Paulo muda novamente data para concessão de todos os terminais de ônibus à iniciativa privada

Publicado em: 17 de março de 2020

Entrada de terminal em São Paulo. Espaços devem ser melhorados

Entrega das propostas vai ser em 16 de abril e edital foi relançado

ADAMO BAZANI

A prefeitura de São Paulo alterou mais uma vez o dia de entrega das propostas na licitação para conceder à iniciativa privada todos os terminais municipais, paradas de alta demanda e as estações do Expresso Tiradentes.

A entrega foi remarcada para o dia 16 de abril de 2020, às 16h00, na sede da Prefeitura. É a terceira data já. Inicialmente, as propostas deveriam ter sido apresentadas no dia 19 de fevereiro e depois foi reagendada para o dia 20 de março.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2020/02/15/licitacao-para-concessao-de-todos-os-terminais-de-onibus-de-sao-paulo-e-adiada-para-20-de-marco-de-2020/

O motivo são alterações no edital, que foi relançado e pode ser consultado na área de negócios do site da prefeitura.

Como mostrou em primeira mão o Diário do Transporte, a concessão será por 30 anos de todos os terminais de ônibus municipais. O valor dos contatos previstos é de R$ 5,2 bilhões. Serão concedidos 31 espaços entre terminais municipais, paradas e as estações do Expresso Tiradentes (o antigo Fura-Fila) divididos em blocos:

BLOCO NOROESTE – R$ 1.533.600.000,00 (um bilhão, quinhentos e trinta e três milhões e seiscentos mil reais): correspondente aos TERMINAIS Amaral Gurgel, Campo Limpo, Casa Verde, Jardim Britânia, Lapa, Pinheiros, Pirituba, Princesa Isabel e Vila Nova Cachoeirinha, bem como os PONTOS DE PARADA;

BLOCO SUL – R$ 1.897.200.000,00 (um bilhão, oitocentos e noventa e sete milhões e duzentos mil reais): correspondente aos TERMINAIS Água Espraiada, Bandeira, Capelinha, Grajaú, Guarapiranga, Jardim Ângela, João Dias, Parelheiros, Santo Amaro e Varginha;

BLOCO LESTE – R$ 1.796.400.000,00 (um bilhão, setecentos e noventa e seis milhões e quatrocentos mil reais): correspondente aos TERMINAIS Água Espraiada, Bandeira, Capelinha, Grajaú, Guarapiranga, Jardim Ângela, João Dias, Parelheiros, Santo Amaro e Varginha

Os três blocos somam R$ 14,52 milhões (R$ 14.520.000,00)

Os valores bases de retorno ao município mensalmente a cada bloco são:

R$ 4.260.000,00 (quatro milhões, duzentos e sessenta mil Reais) para o BLOCO NOROESTE;

R$ 5.270.000,00 (cinco milhões, duzentos e setenta mil Reais) para o BLOCO SUL;

R$ 4.990.000,00 (quatro milhões e novecentos e noventa mil Reais) para o BLOCO LESTE.

Não serão admitidos competidores internacionais.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Deixe uma resposta