Coronavírus: Santo André afirma que redução de frota ocorreu por ausência de motoristas com 60 anos ou mais e foi normalizada após 11h

Nesta segunda-feira, menos veículos operam no transporte coletivo da cidade

JESSICA MARQUES

Os passageiros de Santo André, no ABC Paulista, foram surpreendidos com menos ônibus do transporte coletivo nas ruas na manhã desta segunda-feira, 16 de março de 2020.

Em nota, a Prefeitura explicou ao Diário do Transporte que a redução de frota ocorreu devido à ausência de motoristas com 60 anos ou mais e foi normalizada após 11h. A medida de afastamento dos profissionais é uma prevenção ao novo coronavírus.

“A Prefeitura de Santo André, por meio da SATrans, esclarece que não determinou a redução de viagens do sistema de ônibus municipais. A deficiência observada na manhã desta segunda-feira (16) foi devido à ausência de motoristas com mais de 60 anos de idade em algumas linhas”, informou a administração municipal.

“A SATrans está monitorando a operação dos ônibus e tomará as medidas necessárias para o ajuste das viagens”, completou a Prefeitura, também em nota.

Conforme já noticiado pelo Diário do Transporte, os passageiros foram informados sobre a mudança na grade de horários pelos motoristas do sistema, que afirmaram que a operação é a mesma que ocorre aos sábados.

Por telefone, a SATrans, empresa que gerencia o transporte público municipal, também orienta os passageiros que a grade foi a mesma de sábado, ou seja, com menos veículos operando.

A Prefeitura, porém, afirma que não determinou a tabela diferenciada como de sábado.

Relembre: Ônibus de Santo André operam com redução de frota por causa do coronavírus

Em uma transmissão em redes sociais na noite ainda segunda-feira, Paulo Serra admitiu que na parte da manhã houve sim a redução de frota e de viagens de ônibus, mas disse que não se tratou de uma determinação da prefeitura.

O prefeito disse ainda, por meio da transmissão online, que a frota foi normalizada por volta das 11h.

Ouça:

Segundo a assessoria de imprensa do prefeito, os motoristas foram repostos.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. ANDRE MORAES disse:

    Parabéns engenheiro de trânsito burro do inferno

Deixe uma resposta para ANDRE MORAES Cancelar resposta