Afundamento de pista altera BRT Transoeste no Rio provoca alterações

Publicado em: 6 de março de 2020

Ônibus BRT. Foto Ilustrativa

Parte do corredor está temporariamente interditada no sentido Alvorada

WILLIAN MOREIRA

O módulo expresso do Corredor Transoeste do BRT do Rio de Janeiro tem alterações na manhã desta sexta-feira, 06 de março de 2020.

De acordo com o consórcio responsável pela operação, na região da estação Recreio Shopping, houve um afundamento de via e isto interdita temporariamente o corredor no sentido Alvorada.

Ontem durante parte do dia, a estação Curral Falso já na região de Santa Cruz ficou fechada por um tempo, devido obras de recapeamento.

Em nota, o Consórcio BRT cita os problemas em relação à chuva:

O BRT Rio informa que o módulo expresso da estação Recreio Shopping, no sentido Alvorada, foi fechado por volta das 7h30 em função de um afundamento da pista neste trecho. Por isso, os serviços expressos que fazem parada nessa estação do corredor Transoeste estão realizando o embarque e desembarque de passageiros no módulo parador do Recreio Shopping.

As fortes chuvas que atingiram o Rio de Janeiro nos últimos dias causaram impactos nas condições das pistas exclusivas do BRT. Os buracos nas pistas, principalmente nos corredores Transcarioca e Transoeste, aumentaram de tamanho, o que reflete diretamente nos intervalos.

Os motoristas precisam diminuir a velocidade ou sair da pista exclusiva para desviar destes buracos de grande dimensão. Quando os articulados fazem desvios, deixando momentaneamente a pista exclusiva e passando pela pista comum, a operação do BRT é prejudicada. Nesse tipo de situação é necessário diminuir a velocidade, os articulados passam a depender do trânsito do local e precisam encontrar a próxima entrada para voltar à pista exclusiva, o que reflete nos intervalos e no planejamento da operação. Além disso, devido ao tamanho dos articulados e às necessidades de manobra, o tráfego na pista dos veículos de passeio e ônibus comuns pode ser afetado.

Chuvas agravam situação de pistas que já eram precárias

As intensas chuvas afetaram a condição das pistas exclusivas dos três corredores do BRT que já estavam precárias, mas principalmente do Transoeste e Transcarioca. O buracos, rachaduras e depressões nas pistas comprometem equipamentos e mecânica dos articulados e influenciam diretamente a operação do BRT, causando riscos de acidentes. Os problemas mais recorrentes são com pneus, rodas, suspensão dos veículos, caixa de marcha e o reservatório do óleo de motor. Veículos que deveriam durar 20 anos, duram apenas cinco, no Rio.

Willian Moreira em colaboração especial para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. Luis Marcello Gallo disse:

    “ Afundamento de pista altera BRT Transoeste no Rio provoca alterações”. Que título confuso…

    1. blogpontodeonibus disse:

      Fácil de entender, mas tem de ler o texto.

Deixe uma resposta