Rio de Janeiro aplica 281 multas e lacra 30 veículos de transporte de passageiros

Fiscalização também busca coibir carros particulares que usam painéis de LED indicando aplicativos de transporte de passageiros. Foto: Divulgação.

Operação Carnaval teve como foco serviços de táxis, transporte por aplicativo e fretamento

JESSICA MARQUES

A SMTR (Secretaria Municipal de Transportes) do Rio de Janeiro informou, por meio de nota, que durante o Carnaval realizou diversas ações de fiscalização em pontos estratégicos como Sambódromo, Píer Mauá e Rodoviária Novo Rio, para verificar os serviços de táxis, transporte por aplicativo e fretamento.

Em cinco dias de ações, de sexta até a terça-feira de Carnaval, os fiscais abordaram 557 veículos, aplicaram 281 multas e lacraram 30 veículos.

As principais irregularidades flagradas foram falta de seguro e licenciamento, dirigir sem cinto de segurança, estacionamento irregular, uso de celular ao volante, selo vencido, mau estado da carroceria, transitar em local proibido, dentre outras infrações.

LED NO CARRO

thumbnail_9

Não foram somente as irregularidades mais “conhecidas” que foram flagradas pela Prefeitura. Uma novidade também está sendo coibida pela fiscalização.

“A SMTR também está de olho em carros particulares que usam painéis de LED indicando aplicativos de transporte de passageiros. Do total de multas aplicadas durante a Operação Carnaval, 19 foram por esta irregularidade”.

8

A Prefeitura reforçou ainda que o Código de Trânsito Brasileiro considera infração grave conduzir veículo com vidro parcialmente coberto por painéis, películas ou pinturas.

A equipe, composta por 21 agentes, contou com três viaturas para atuar nos bolsões no entorno da Sapucaí e realizar apoio itinerante nas áreas do entorno.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Assine

Receba notícias do site por e-mail

Comentários

Deixe uma resposta