Rodoviários de Teresina suspendem paralisação de ônibus

Publicado em: 27 de fevereiro de 2020

Ônibus devem circular normalmente. Foto: Divulgação.

Contra arrastões, categoria solicita botão do pânico nos coletivos

JESSICA MARQUES

O Sintetro (Sindicato dos Trabalhadores de Transporte Rodoviário do Piauí) decidiu suspender a paralisação de ônibus de Teresina marcada para esta sexta-feira, 28 de fevereiro de 2020.

Inicialmente, os rodoviários cruzariam os braços das 04h30 às 06h30, por volta de meio dia e das 15h30 às 17h30.

Relembre: https://diariodotransporte.com.br/2020/02/25/contra-arrastoes-onibus-podem-parar-em-teresina-na-sexta-feira-28/

Entretanto, segundo informações do portal local Cidade Verde, o movimento foi suspenso após uma reunião com o Setut (Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros de Teresina) e a Secretaria de Segurança Pública.

A paralisação foi marcada porque, segundo o sindicato dos trabalhadores, os passageiros e rodoviários estão cada vez mais se sentindo inseguros por causa dos arrastões e assaltos aos coletivos.

Contudo, nesta quinta-feira, 27, os órgãos trataram de medidas para coibir a prática de crimes no transporte público.

O Sintetro solicitou ao Setut a instalação de um “botão de pânico”, para que o motorista ou cobrador possa acionar uma viatura em caso de assalto.

Desde o primeiro dia do ano, Teresina já registrou 36 casos de assaltos a ônibus até esta quinta-feira, também de acordo com a mídia local.

Segundo o secretário de Segurança Pública, Fábio Abreu, o Setut tem até a próxima quinta-feira, 05 de março, para dar uma resposta sobre a viabilidade financeira de instalação dos dispositivos de emergência, que já funcionam em táxis da capital.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. Fabio Almeida disse:

    Até lá, certamente ocorrerão mais assaltos

Deixe uma resposta