Consórcio Unileste promete entregar 71 novos ônibus até dezembro para linhas intermunicipais de São Paulo

Publicado em: 27 de fevereiro de 2020

Novos ônibus, modelo Mercedes Benz OF 1724 com carroceria Caio Apache Vip IV, são equipados com ar-condicionado. Foto: Reprodução / EMTU.

Nesta quinta, foram apresentados 14 veículos zero-quilômetro para atender passageiros da Região Metropolitana

JESSICA MARQUES

O Consórcio Unileste prometeu entregar 71 novos ônibus até dezembro de 2020 para operar na Região Metropolitana de São Paulo. A informação foi divulgada pela EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos), que gerencia as linhas intermunicipais do transporte coletivo.

Nesta quinta-feira, 27 de fevereiro de 2020, foram apresentados 14 novos veículos com ar-condicionado. Os ônibus operam nos municípios de Arujá, Itaquaquecetuba e Suzano, além do bairro de São Miguel Paulista, na capital paulista.

Com a entrega, o Consórcio Unileste reduz a idade média da frota de 7 para 6,6 anos. A promessa de compra de mais ônibus zero-quilômetro visa diminuir ainda mais este número.

Ao todo, o Consórcio possui 372 ônibus. Destes 14 novos veículos apresentados, quatro já operam desde dezembro de 2019.

“As 73 linhas intermunicipais gerenciadas pela EMTU/SP na região leste da Grande São Paulo transportam, em média, cerca de 112 mil passageiros por dia. Além dos veículos entregues nesta quinta-feira (27), a concessionária colocará em circulação outros 71 até o fim do ano”, informou a EMTU, em nota.

INVESTIMENTO

Segundo informações da EMTU, o investimento total neste lote entregue foi de R$ 6,5 milhões. Os novos ônibus, modelo Mercedes Benz OF 1724 com carroceria Caio Apache Vip IV, são equipados com ar-condicionado, carregador USB para celulares e suspensão mista a ar e feixe de mola, que proporciona conforto aos passageiros.

Os veículos também possuem elevadores para pessoas com mobilidade reduzida, conforme informado pela EMTU, em nota.

O Consórcio Unileste opera na Área 4 de concessão do sistema metropolitano gerenciado pela EMTU, que abrange os municípios de Ferraz de Vasconcelos, Itaquaquecetuba, Poá, Mogi das Cruzes, Guararema, Biritiba Mirim, Salesópolis e Suzano.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. Rodrigo Zika! disse:

    Quem dera se todo o padrão da EMTU tivesse ônibus assim, como no mínimo tendo AC.

  2. J.Dilson. disse:

    Precisamos tbm mais viagens com intervalo menos , porque o consórcio Unileste e um dos piores da EMTU , sábado por exemplo e terrível com intervalo até uma hora e vinte minutos no ponto , tbm não tem concorrentes uma única empresa opera a área 4 , 41.xxx, 43.xxx opera sem concorrência no setor, 47.xxx faz parte do grupo, etc.. aí fica difícil !!!

  3. Paulo Gil disse:

    Amigos, bom dia.

    Com esta e outras entregas de 0 Km no sitema da EMTOSA, cabe uma pergunta para reflexão de todos.

    O que justifica a EAOSA estar operando com “pau véio”?

    Que poder é esse?

    Ou é incompetência da EMTOSA?

    Fica ai para reflexão dos leitores do DT.

    Como diria Dona Milú…

    “Miiiiiiiiiiiiistério”

    Att,

    Paulo Gil

Deixe uma resposta