Prefeitura de Diadema abre chamamento público para manutenção e implantação de novos abrigos de ônibus

Publicado em: 26 de fevereiro de 2020

Ônibus em Diadema. Cidade tem atualmente, 100 abrigos

Serão 60 novos abrigos. Empresa terá de manter outros 30 abrigos já existentes

ADAMO BAZANI

A prefeitura de Diadema, no ABC Paulista, abriu um chamamento público para empresa ou consórcio implantar 60 novos abrigos para passageiros de ônibus e cuidar de 30 já existentes.

As propostas deverão ser entregues até 9h do dia 24 de março de 2020 e às 11h ocorrerá a sessão pública, na Secretaria de Transportes. O edital já está disponível (veja abaixo).

Atualmente o Município de Diadema possui 100 abrigos de ônibus instalados.

A empresa ou consórcio que vencerem poderão explorar comercialmente as estruturas, vendendo espaços para anúncios. O edital exige a fixação da relação de linhas que servem aquele ponto.

“O interessado selecionado para a parceria, que se pretende estabelecer, poderá afixar às suas expensas, nos abrigos objetos do presente chamamento até dois (02) engenhos de publicidade, um fisicamente ligado ao abrigo, e outro, o segundo, associado ao mesmo, porém não necessariamente ligado fisicamente – MUPI. Ambos poderão ser explorados comercialmente pelos interessados, no entanto, a empresa selecionada se comprometerá a manter, junto ao abrigo de parada de ônibus, espaço destinado à divulgação das linhas de ônibus e pontos de interesse (POI) que servem o local, em padrão a ser estabelecido pela municipalidade”

O prazo total para implantação e reforma dos abrigos em pontos de parada de transporte público de passageiros, será de, no máximo, 280 dias. O contrato, com as renovações, pode durar até cinco anos.

O edital traz um cronograma de implantação dos novos abrigos.

Nos primeiros 90 dias deverão ser implementados no mínimo vinte por cento (20%) dos novos abrigos; e deverão estar reformados no mínimo vinte por cento (20%) dos abrigos a serem reformados e, ainda deverão estar implementados 15% dos demais mobiliários eventualmente constantes da proposta vencedora. 3.2 – Em até 180 dias deverão estar implementados no mínimo quarenta e cinco por cento (45%) dos novos abrigos e 45% (quarenta e cinco por cento) dos abrigos a serem reformados e deverão estar implementados 40% (quarenta por cento) dos demais mobiliários eventualmente constantes da proposta vencedora. 3.3 – Em até duzentos e setenta dias (270) devem estar implementados no mínimo setenta por cento (70%) dos abrigos novos; deverão estar concluídos no mínimo 70% (setenta por cento) dos abrigos reformados e deverão estar implementados 70% (setenta por cento) dos demais mobiliários eventualmente constantes da proposta vencedora 3.4 – Em até trezentos e sessenta dias (360) dias todos os abrigos novos e todos os abrigos destinados à reforma deverão estar instalados e em operação, correspondendo 100% do total a ser implementados (Novos e Reformados), bem como os demais mobiliários eventualmente constantes da proposta vencedora

O sistema de Diadema é servido por duas empresas de ônibus: Benfica e MobiBrasil

Veja os detalhes do edital:

CPublico_ST_001-20_AbrigosOnibus_Completo

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. Rivelino Ferreira Silva disse:

    A Prefeitura tem e que se preocupar e com a quantidade de e horários dos ônibus que e uma porcaria e todo bagunçado os trabalhadores vivem chegando atrasados nos serviços principalmente o primeiro período

Deixe uma resposta