Maioria dos 199 ônibus produzidos pela Marcopolo para Curitiba terá chassi Mercedes-Benz

Publicado em: 24 de fevereiro de 2020

Atualmente, o sistema de Curitiba é composto por cerca de 1.250 ônibus. Foto: Divulgação.

Ao todo, são 157 veículos da marca, 32 Volvo e 10 Volksbus

JESSICA MARQUES

A maioria dos 199 ônibus produzidos pela fabricante de carrocerias Marcopolo para a Rede Integrada de Transporte Coletivo de Curitiba, no Paraná, terá chassi Mercedes-Benz.

Ao todo, serão 157 veículos da marca, outros 32 produzidos pela Volvo e mais 10 serão Volksbus. As informações foram divulgadas ao Diário do Transporte pela Marcopolo.

Os modelos da Mercedes-Benz serão O 500 articulado, O 500 motor traseiro, OF 1721 e OF 1519. Por sua vez, os chassis da Volvo se dividirão entre B340M biarticulado e articulado, além do B250R com motor traseiro. Por fim, os 10 ônibus com chassis Volksbus serão todos do modelo VW 17230.

Quanto às carrocerias, o lote será composto por unidades dos modelos Torino, com motorização traseira e dianteira. Haverá também veículos com modelo Torino Express (articulado) e Viale BRT biarticulado, configurados para a operação em diferentes categorias de linhas, divididas em Corredores Expressos, Integração Linha Direta, Integração Interbairros e Integração Alimentador.

Segundo a Marcopolo, os ônibus, que juntos têm capacidade de transportar mais de 17 mil passageiros, atendem aos padrões de segurança e ambientais necessários e estabelecidos pela Urbs (Urbanização de Curitiba S.A.), empresa responsável pela gestão do sistema de transporte da cidade.

Relembre: Marcopolo entrega 199 ônibus para sistema de transporte de Curitiba

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. Wendel Cerutti disse:

    volvo perdendo mercado no quintal de casa , que fase ….

Deixe uma resposta