Brasília inaugura cinco linhas do BRT neste sábado

Publicado em: 22 de fevereiro de 2020

Nas linhas do BRT, não será possível pagar a passagem em dinheiro. Foto: Divulgação.

Itinerários vão de Santa Maria para a W3 Norte e para o Setor de Indústrias Gráficas (SIG)

JESSICA MARQUES

Os usuários do transporte público coletivo de Santa Maria, em Brasília, passaram a contar com cinco novas linhas de BRT (Bus Rapid Transit – Ônibus de Trânsito Rápido) neste sábado, 22 de fevereiro de 2020.

Segundo informações do Governo do Distrito Federal, serão mantidas as atuais linhas convencionais (252.1 e 272.1) nos horários de pico. Após duas semanas, a Semob irá avaliar a preferência dos usuários entre os dois tipos de linhas.

De segunda a sábado, a cidade passa a contar uma linha semiexpressa do BRT, passando pelo Eixão, indo direto para a W3 Norte, e uma linha para o Setor de Indústrias Gráficas (SIG).

Com partidas do Terminal de Santa Maria, os ônibus irão realizar viagens no período de pico da manhã entre 5h e 8h. As viagens de volta serão das 16h às 20h.

“Ainda no sistema BRT, haverá duas linhas integradas saindo da Estação Park Way (Floricultura), uma para a W3 Sul/Norte e outra para o SIG, com viagens de segunda a sábado nos horários entre 7h55 e 16 horas. No domingo, uma linha sairá do Terminal de Santa Maria para a W3 Norte, passando pelo SIG.”

Novas linhas BRT

Das 5h às 8h e das 16h às 20h
Terminal de Integração do Gama
2206 – Destino: W3 Norte
2208 – Destino: SIG

Terminal de Integração de Santa Maria
2306 – W3 Norte
2307 – SIG
2308 – W3 Norte
*somente aos domingos

Das 7h às 16h
Terminal Park Way (Floricultura)
2207 – Destino: W3 Sul e Norte
2209 – Destino: SIG

ÔNIBUS

O Governo do Distrito Federal garantiu, em nota, que as novas linhas serão operadas com a utilização de 37 ônibus novos, todos do modelo Padron BRT, com ar-condicionado, suspensão a ar, motor traseiro, câmbio automático e Wi-Fi gratuito.

“Além do conforto, os usuários contarão com viagens mais rápidas, com ganhos de pelo menos 35 minutos. Os ônibus farão uma parada na Estação Floricultura e depois só farão paradas na W3 Norte. A linha do SIG fará paradas na EPIA.”

As atuais linhas convencionais (252.1 e 272.1), que oferecem 171 viagens por dia, fazem o percurso de forma que todos os ônibus passam pela W3 Norte e pelo SIG. Na nova operação, haverá também a opção de linhas separadas no sistema BRT.

Nos dias úteis em horário de pico, os usuários que acessarem os ônibus no Terminal de Santa Maria contarão com 78 viagens (ida e volta) para a W3 Norte e 75 viagens (ida e volta) para o SIG, também de acordo com informações do governo.

“Na Estação Floricultura, no entrepico, serão 58 viagens (ida e volta) para a W3 Sul/Norte e 30 viagens (ida e volta) para o Setor Gráfico. As linhas do BRT terão 40% mais opções de viagens do que nas linhas convencionais.”

CARTÃO

O sistema do BRT é operado por meio de cartões, que podem ser obtidos na Rodoviária do Plano Piloto, nos terminais e na Galeria dos Estados. As recargas podem ser feitas também nos postos do BRB.

Os usuários das linhas convencionais que não possuem nenhum tipo de cartão do Sistema de Transporte Público Coletivo do DF precisarão providenciar seus cartões, porque nas linhas do BRT, não será possível pagar a passagem em dinheiro.

Mais informações sobre o Bilhete Único podem ser obtidas em http://www.bilheteunicodebrasilia.df.gov.br/.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Deixe uma resposta