Agência de regulação aprova reajuste na tarifa de ônibus para R$ 4,50 na Grande Goiânia

Publicado em: 20 de fevereiro de 2020

O aumento de R$ 0,20 foi aprovado de forma unânime pelos quatro conselheiros. Foto: Divulgação.

Próximo passo para aumento entrar em vigor é passar pela Câmara Deliberativa do Transporte Coletivo

JESSICA MARQUES

A AGR (Agência Goiana de Regulação) aprovou nesta quarta-feira, 19 de fevereiro de 2020, o cálculo que prevê um reajuste no valor da passagem de ônibus em Goiânia e Região Metropolitana.

O índice proposto pela CMTC (Companhia Metropolitana de Transportes Públicos) representa um aumento de 4,6%, passando dos atuais R$ 4,30 para R$ 4,50 em data a ser definida.

O aumento de R$ 0,20 foi aprovado de forma unânime pelos quatro conselheiros da AGR. Entretanto, foi estabelecida a condição de serem realizadas melhorias no serviço.

O próximo passo para aumento entrar em vigor é passar pela Câmara Deliberativa do Transporte Coletivo. A previsão é de que essa avaliação seja feita ainda nesta semana.

Confira a nota da AGR, na íntegra:

Após análises técnicas, o Conselho Regulador da Agência Goiana de Regulação, Controle e Fiscalização de Serviços Públicos (AGR) convalidou, na manhã desta quarta-feira (19/02), a operacionalização do cálculo do estudo tarifário que vai incidir sobre o reajuste da tarifa do transporte urbano de Goiânia e Região Metropolitana, conforme proposta da Companhia Metropolitana de Transportes Púlicos (CMTC).

O índice proposto pela CMTC foi de 1,035. Com isto, o valor da passagem de ônibus em Goiânia e Região Metropolitana passa dos atuais R$ 4,30 para R$ 4,50 em data a ser definida pela CMTC.

Vale ressaltar que cabe à AGR, neste caso, apenas convalidar os cálculos do reajuste da tarifa do transporte urbano que são elaborados pela CMTC, anualmente.

Jessica Marques para o Diário do Transporte 

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Deixe uma resposta