Pedra Azul compra dois ônibus Volvo com sistema de segurança

Publicado em: 13 de fevereiro de 2020

Veículos contam com nova geração do Sistema de Segurança Ativa. Foto: Divulgação.

Veículos possuem carroceria Marcopolo Paradiso 1800 DD, New G7

JESSICA MARQUES

A empresa de turismo e fretamento Pedra Azul, do Espírito Santo, adquiriu dois novos ônibus Volvo, sendo um B420R 6×2 e outro B450R 6×2. Os veículos possuem carroceria Marcopolo Paradiso 1800 DD (dois andares), New G7.

Segundo informações da fabricante, ambos os ônibus contam com a nova geração do SSA (Sistema de Segurança Ativa). A tecnologia vem com radar anticolisão, capazes de realizar frenagens de emergência, equipados com sistema de alerta de mudança involuntária de faixa e até mesmo assento vibratório, que avisa o motorista para situações de risco.

O diretor comercial da empresa Pedra Azul, Moacyr Borsoi, afirmou que segurança impacta diretamente nos resultados financeiros.

“A imagem tem relação direta com veículos confortáveis e seguros. Um incidente pode destruir vidas e a nossa imagem”, disse.

A Pedra Azul Turismo é uma empresa familiar, com 28 anos de mercado e cerca de 80 funcionários. Possui uma frota de 19 ônibus para turismo, 17 deles Double Decker e dois low drive. Do total, dez foram adquiridos no último ano, seis deles com chassi Volvo.

“Começamos a trabalhar com a marca com essas aquisições. Os ônibus Volvo não são apenas seguros, mas também têm muita tecnologia embarcada e estamos bem satisfeitos. Outra grande vantagem é o baixo consumo de combustível, uma economia de cerca de 5% comparando com veículos de outras marcas. E como o combustível é nosso principal custo, impacta diretamente em nossos resultados financeiros”, afirmou o empresário, em nota.

Os ônibus da Pedra Azul fazem em média 80 viagens e rodam cerca de 250 mil quilômetros por mês. As principais rotas são para Rio de Janeiro e São Paulo, mas os veículos viajam para todo o Brasil e também Argentina, Chile, Paraguai e Uruguai.

SEGURANÇA E TECNOLOGIA

Segundo informações da Volvo, no SSA, um conjunto de câmeras aliado a um sensor de distância fazem a leitura da pista e dos veículos à frente.

As novidades são:

Radar anticolisão – Monitora veículos à frente e controla a velocidade automaticamente, chegando até mesmo a acionar os freios de forma emergencial para tentar evitar colisões.

Alerta de mudança involuntária de faixa – Alerta o condutor por meio de sinais sonoros e vibratórios no banco em caso de desvios laterais do veículo sem acionamento de seta, o que pode indicar sonolência do motorista.

Heads-up display – Aviso luminoso de luzes LED de alta intensidade projetadas no para-brisa, na linha da visão do condutor, sinalizando para uma colisão eminente.

Assento vibratório – Age em complemento aos sinais sonoros e visuais, alertando o motorista para que adote uma condução segura em situações de perigo efetivo.

O sistema está disponível como opcional para todos os chassis rodoviários Volvo com motor traseiro.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. Paulo Gil disse:

    Amigos, boa noite.

    Meeeeeeeeeee Deus!

    Que buzão lindo.

    Att,

    Paulo Gil

  2. É isto os efeitos da nova tecnologia. Parabéns à Volvo, já que há a possibilidade do condutor dormir no volante, cochilar. Um risco se tiver a 80,90km…Devo dizer que agora com sistema de troca de marcha automática, exige menos esforço e com isso o condutor fica maleável para cochilar,,,ao menos houve a compensação. Bela nave , hein?

Deixe uma resposta